Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM CERTO CARANGUEJO ...


 
 
                    MINI CONTO I :
 
UM CERTO CARANGUEJO ...
Nídia Vargas Potsch
 
 
Um dia, longe viajei.
Certo caranguejo
cruzou meu caminho.
Na areia da praia
 sozinho reinava
entre sons e sorrisos
de passantes ...
 
Ah, Caranguejo!
Contigo tentei prosear
Não me deste bola.
Saiste de fininho
sem falar ...
 
Para completar,
mordeste meu calcanhar,
crivaste me tuas garras
em mordida sensual ...
 
Eu, pobre mortal,
com ferida sangrando
saí andando
morrendo lentamente
de amor por ti ...
 
 * * *
 
Nídia Vargas Potsch
@Mensageir@
Rio, 26/10/2007
 
Nídia Vargas Potsch
Enviado por Nídia Vargas Potsch em 05/11/2007
Código do texto: T724434
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nídia Vargas Potsch
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
293 textos (31750 leituras)
3 e-livros (45 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:28)
Nídia Vargas Potsch