Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trocando mensagens no mundo internético.

Bom dia Rainha,

Você realmente consegue aquilo que anseia.
Você realmente amou alguém em sua vida?
Sabes o que é o amor?
Como sabe se realmente o encontrou?
Pensando em você posteriormente concluí.
Ainda que não tenhas vivido um grande amor, (fato que não credito) com absoluta certeza você sabe o que é amar e sabe reconhecer quando ele acontece por uma simples razão, sua alma anda na sua frente, você sabe viver a emoção dos momentos, sabe andar e brincar na chuva, sabe dançar nas nuvens e sabe adornar com toda sensibilidade o homem que acredita amar.
Sua sensibilidade está sempre a sua volta e basta as pessoas ao se relacionarem contigo perceberem sua magia para que você se transforme na mais meiga e cativante mulher menina.

Com carinho,
..........


Boa tarde Linda  Pessoa!

Como está sendo o seu dia?
Li sua resposta e vou responder a sua pergunta.
Sim já vivi um grande amor, um amor  de muita luta e muita entrega sem barreiras, forte e muito intenso e que não acabou ele se transformou em um primeiro momento em dor, desespero, ira e quase loucura.
Em um segundo momento onde já mais centrada e conformada ele se transformou em ternura e doces lembranças guardadas com  muito carinho.
Sei que se não te contar o que houve você não entenderá então vou te contar pra que você entenda.
Eu era ainda muito jovem quando conheci um alguém, foi em um baile, nossos olhos se olharam ficaram fixos um no olhar do outro, nos apaixonamos no primeiro momento em que nos vimos, foi mágico, foi como se o mundo tivesse parado aquele instante.
Éramos os dois de classe humilde, estudantes, duas crianças com um amor puro.
O tempo foi  passando, conseguimos nossos empregos e fizemos nossos planos, traçamos nossas metas, com muito esforço aos poucos fomos conseguindo alcança-las, o nosso amor nos impulsionava.
Já éramos noivos quando juntos conseguimos comprar um carro, depois entramos em um financiamento de minúsculo apartamento.
Sempre juntos, e sempre sonhando e trabalhando muito para realizar nossos sonhos.
O tempo foi passando e nossa situação melhorando, cada dia uma obstáculo vencido.
Marcamos data do casamento, convites, festa, vestido de noiva e uma linda viajem.
Um sonho, o nosso sonho estava se transformando em realidade.
Mas esse sonho não se realizou.
Faltando um mês para o " nosso dia " ele precisou viajar a trabalho.
Nesse dia eu não estava passando bem, ele foi até minha casa pra me ver e saber como eu estava passando, me deu um beijo e saiu.
Duas horas depois o telefone toca, eu atendo e só me lembro de ouvir: "Um acidente ele morreu".
Sofri muito, mas o tempo se encarregou de me trazer a calma.
Aos 24 anos me casei, namorei, noivei e casei em 3 meses, e sofri mais ainda, desse casamento tenho duas alegrias que valem a minha vida.
Eu já tive um amor verdadeiro em minha vida, já olhei dentro dos olhos de alguém e amei e fui amada com a alma.
Não sei dizer se foi o grande amor de minha vida, não sei o que o futuro me reserva, mas sei que foi um amor muito grande em minha vida.
Aprendi a amar com a alma!

Beijos,
..........

***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 20/11/2005
Reeditado em 09/12/2010
Código do texto: T73891

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146142 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:56)
Dama De Negro