Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASAMENTO

Foi demais para mim e sua mãe a sua chegada, nós a esperávamos com muita alegria, nós queríamos muito uma menina. Assim como nós seu irmão também tinha o maior orgulho de você. Você sempre foi uma menina muito meiga, carinhosa, bondosa e amorosa. Lembro-me quando lhe trouxe um gatinho de presente, você imediatamente substituiu a mãe gata e passou a tratar do bichinho como um filho.

Os anos foram se passando e você foi crescendo, aprendeu a falar, andar, ganhou uma irmãzinha e aceitou bem a situação, pois tínhamos que nos dividir entre os três filhos, dando uma atenção maior para a menor.

Mais alguns anos se passaram e você foi aprendendo novas coisas, entendendo um pouco mais sobre as loucuras da vida que muitos de nós com vinte, trinta, quarenta, não interessa a idade, ainda não entendem, é muito complexo compreender plenamente o que é viver verdadeiramente, atendendo os princípios morais, espirituais e os principais valores da nossa existência.

Achamos importante ter e na batalha que travamos para conquistar, deixamos de ser, abandonamos nossa intuição pura, legítima, espontânea e nos atiramos na concorrência dessa “vida copiada”, falsa, que nos leva a situações tão drásticas que interferem no nosso comportamento físico, mental e emocional.

Não somos o que planejamos e nem temos o que merecemos, pena não descobrirmos isso em nós, continuamos a luta pensando sempre em acumular porcarias que não agrega nada no nosso íntimo, é, a grande verdade, é que tudo que buscamos é para se expor, queremos ser melhor e não admitimos estar por baixo, queremos sempre estar melhor que nossos vizinhos.

Filha, seu pai não é nenhum escritor e por isso tem dificuldades em expressar tudo que gostaria, mas não importa, você é nova e tem muito ainda pela frente, não somos nós que ensinamos, a vida, o dia a dia é farto de lições que vão enriquecendo nossa bagagem de conhecimentos e experiências.

Assim como no seu nascimento, hoje também é um dia muito especial, você e o seu noivo estão tomando a principal decisão que tomamos na vida, a de se unir, se juntar, se completar e começar um novo ciclo, uma nova família e assim como nós tivemos muita felicidade com você, esperamos que tenha tanto com seu esposo como com a família que constituirão.

Filha - quero publicamente me desculpar pelo pai que não fui, seria gentileza sua negar isso mas é consciência minha reconhecer que falhei, sim eu falhei, não sou perfeito e em tudo que já fiz procurei fazer da melhor forma possível e que a condição permitisse, contudo, houve exageros, sei que não estive presente em muitos momentos interessantes para você, que não disse o suficiente de vezes que te amava, sei lá, você sabe melhor que eu. Não é por orgulho que deixarei de pedir seu perdão, é que não pude fazer diferente, fui ignorante e nada do que não fiz foi por querer.

Eu, sua mãe, seus irmãos, seus avós, tias, tios, primas, primos, amigos e amigas, todos com certeza, nesse momento estamos torcendo para que você e o seu esposo sejam muito felizes juntos.

Com todo o nosso amor pedimos a Deus que abençoe esse casamento.
dayti
Enviado por dayti em 13/02/2006
Código do texto: T111510
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dayti
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil, 27 anos
19 textos (2529 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:10)