Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Psicologia de Elevador



            Dois sujeitos pegam um elevador, um contador e um ofice boy. No meio do trajeto o elevador pára e os dois ficam presos até algum técnico consertar o dano. O contador fica apertando o botão do seu andar freneticamente. Olha para o relógio:
            - Droga! Vou me atrasar para a reunião!
            - O senhor é empresário? – Tenta quebrar o gelo o boy.
            - Não, não. Sou contador. – E bate na porta, tentando apressar o técnico.
            - Eu sou ofice boy, mas quero mesmo é prestar vestibular pra Psicologia.
            O contador ajeita a gravata. Bufa, olhando para o teto.
            - Alguns psicólogos acreditam que a ansiedade e o mau humor têm a ver com a insatisfação sexual. – Continuou o boy.
            - Ô, garoto, eu tive um dia cheio. Dá um tempo!
            - Hum, está se desviando do assunto...! Não quer falar do seu problema?
            - Que problema?!
            - O problema sexual que te deixa nervoso.
            - Eu não tenho problema sexual porcaria nenhuma!
            - Tá bem...! Quer ouvir uma piada de psicólogo?
            - Não.
            - Lá vai. “Quantos psicólogos são necessários para se trocar uma lâmpada? Apenas um! Mas a lâmpada precisa querer ser trocada!” – E ri o boy. – Cara, você tá tenso. Já procurou um psicólogo antes?
            - Ô, moleque, enfia essa conversa de psicólogo no seu...
            - Ahá! Tens fixação na fase anal!...
            O contador bufa mais uma vez, pega seu celular e liga pra sua firma, avisando do imprevisto. Um técnico grita de longe, informando que já vai consertar o elevador.
            - Enfim!
            - Posso te fazer uma pergunta pessoal? – Persiste o boy.
            - Ai, não enche.
            - Com todo o respeito, você é gay, não é?
            - Humpf! Claro que eu não sou gay. Tenho namorada.
            - Esse teu jeito de falar, de ficar irritado, de olhar meio de lado... ah, você é gay. Você não sabia?
            - Você é muito chato. Quem você pensa que é pra falar assim comigo?
            - Sabe, eu tenho um primo que vi crescer, e ele é gay. Conheço os amigos gays dele e sei reconhecer um gay. Cara, você precisa se assumir, vai viver bem melhor. Qual sua idade? Trinta? É melhor você resolver logo sua sexualidade antes que termine como aqueles velhos que se hospitalizam com uma garrafa atochada na bunda.
            - Qual é a sua, garoto? ´Cê pensa que já é psicólogo?
            - Foi mal... Quer ouvir outra piada de psicólogo?
            Outro suspiro. O boy continua:
            - Um psicólogo chega pro paciente e diz: “Conforme o resultado dos seus testes eu tenho uma boa e uma má notícia. A má é que eu descobri que você tem fortes tendências homossexuais. A boa é que descobri que você é um gatinho”.
            O elevador volta a funcionar. Ao seu andar, o boy deixa o elevador desejando um bom dia e pedindo desculpas por qualquer mal entendido. Quando a porta está quase a fechar, o contador a segura e inclina-se para o corredor. Olha para os lados. Chama o boy:
            - Ô, garoto, me diz uma coisa. Como o médico faz para soltar a garrafa?

Vitor Junior
Enviado por Vitor Junior em 05/05/2006
Código do texto: T150987
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vitor Junior
Maringá - Paraná - Brasil, 36 anos
380 textos (144429 leituras)
5 e-livros (131 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:03)
Vitor Junior