Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sopro Mágico

     Quando criança, para desatar o nó de uma linha ou corda, eu costumava soprar o nó antes de tentar desatá-lo e esse se desatava facilmente. Descobri depois que os nós se desatavam porque eu tinha uma habilidade manual para isso e com sopro ou sem sopro o nó se desatava.
Certa vez minhas irmãs, mais novas, estavam tentando desatar um nó e já haviam perdido um bom tempo nisso. Eu, cheia de mim, (querendo impressionar) disse para elas que o meu sopro era mágico e com ele eu desataria o nó.
E desatei.
Minhas irmãs ficaram impressionadas com aquilo e sairam espalhando pra todo o mundo que eu tinha um sopro mágico que desatava nós! (que vexame!!)
Nesse mesmo dia elas se puseram a atar várias linhas para que eu desatasse com meu sopro mágico, (quase sequei de tanto soprar!!)e elas não paravam de atar linhas e mais linhas.
Para me sair desse problema, chamei-as e disse baixinho que ia contar um segredo, disse que elas também tinham um sopro mágico para isso bastava ir até o quarto se olhar no espelho e dizer olhando pra dentro dos seus olhos:Eu tenho um sopro mágico!
o resultado é que até hoje eu desconfio que minhas irmãs têm, realmente, um sopro mágico...
e não ria se eu disser que depois disso fui até o espelho e...
 
             .................


 (Já utilizei o sopro mágico para desatar vários tipos de nós... use o seu também!)


     
Júlia Carrilho Lisieux
Enviado por Júlia Carrilho Lisieux em 15/09/2006
Reeditado em 30/07/2008
Código do texto: T240798

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Júlia Carrilho Lisieux
Brasília - Distrito Federal - Brasil
33 textos (2081 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:38)
Júlia Carrilho Lisieux