Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cigarro

A fumaça não mais confundia seus pensamentos:

- Estou te deixando!

Mentalmente, tentou contar as inúmeras vezes que tinha ouvido aquela frase, dita sempre do mesmo modo, sempre o mesmo estilo. Dessistiu. A matemática nunca esteve entre as suas habilidades. Principalmente quando envolviam algarismos de grande calibre, como era o caso.

Resolveu ser irônico:

- Ao menos dessa vez, feche a por....

Procurou os olhos dela, porém, eles já não estavam mais alí. Haviam saído, boêmios, em busca de outras alegrias. Em uma fuga absurda, deixando para trás o enorme equívoco que fora aquele amor.

Quando percebeu o erro que cometera, já haviam passados cinquenta anos, três meses e vários dias. Longos dias. Era um velho. Preso a sua rotina de velho, usando roupas de velho, com cheiro de velho e humor de velho.

Nesse instante, permaneceu parado, como se aquilo tudo nunca tivesse feito pate dele. Estava morto desde aquele tempo e ninguém percebera.

O cigarro queimando entre os dedos.
Danilo Reis
Enviado por Danilo Reis em 20/10/2007
Código do texto: T702751

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Reis
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 30 anos
32 textos (976 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:18)
Danilo Reis