Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Zé Sonhador

O Zé Sonhador

Era uma vez um garoto chamado Zé, menino da roça, criado no sertão nordestino, sete anos de idade, mas já parecia menino de onze, não pelo tamanho ou pela robustez de seu corpo, mas, pelo envelhecimento precoce advindo da luta pela sobrevivência na caatinga nordestina.
Zé desde cedo cuida das três cabeças de gado e outro tanto de carneiros e porcos de propriedade de seu pai, leva-os para beber água e os alimenta, ajuda no plantio da roça, à noite, sentado no terreiro de casa põe-se  a escutar as conversas de seus pais, suas lamurias, seus sonhos e histórias de grandes fazendas, com milhares de cabeças de gado e  grandes açudes.
 Zé, como a maioria das crianças, sonha, fantasia, e cria uma fazenda só sua.  Reserva um pequeno lugar no canto da única sala da casa, cerca-o com pequenos gravetos e cordão. Em seu interior constrói grandes açudes com tampas de latas cheias de água, prega ao chão figuras de casas arrancadas de revistas, caixas de fósforo agora são veículos para o transporte de gado, e os ossos de falanges, restos de sua alimentação, agora são bois, vacas e outros animais. Dar-lhe nomes, tange-os, transporta-os, chama-os pelo nome. Este mundo fantasioso supre-lhe as carências materiais e afetivas tornando-o feliz.
 Um dia, já passava do meio dia, sol a pique, Zé voltava da labuta da roça, cansado, faminto, quando de repente, escuta uma voz de mulher a chamá-lo.
- Zé!
Ele olha, e fica espantado ao ver uma linda mulher, num vestido brilhante. Este logo pensou: será uma visagem ou será Nossa Senhora?
- Zé não tenha medo, sou sua fada madrinha e vou te mostrar o caminho a ser trilhado para você conseguir realizar todos as sua fantasias, acompanhe-me.
Pegou Zé pela mão e levou-o até a escola que ficava perto de sua casa e disse-lhe:
- Freqüente a escola, estude, pois este é o único caminho para a realização de sonhos e fantasias.
De repente, ela sumiu. Zé espantado, não sabia se tinha sonhado acordado, mas a partir daquele dia seguiu o conselho da fada. Ele que nunca tinha freqüentado uma escola, passou a freqüentá-la assiduamente.
Passaram-se os anos, Zé, agora Dr. José, formou-se advogado, enriqueceu, comprou uma grande fazenda e centenas de cabeças de gado e viu concretizados seus sonhos e fantasias.


Ielton Mendes

Ielton Mendes
Enviado por Ielton Mendes em 31/05/2006
Código do texto: T166431
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ielton Mendes
Parnaíba - Piauí - Brasil
7 textos (998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:39)
Ielton Mendes