Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Belo Adormecido

Uma vez em uma cidade pequena do interior uma mulher da a luz há um menino de olhos azuis, cabelinho pretinho, lindo! Ele era tão perfeito que os pais decidiram colocar-lhe o nome de Belo.
Os anos se passaram e o garoto continuou cada vez mais bonito e também gentil, carinho, principalmente, com as mulheres. Estas ele tratavam com toda a dedicação do mundo, pois sabia o quanto elas eram maltratadas e incompreendidas pelos homens.
Belo aprendeu muito cedo a respeitá-las e a compreendê-las. Graças ao sofrimento de sua mãe. Ela foi abandonada pelo pai do rapaz que a deixou na miséria quando ele ainda era criança. Ele mais do que ninguém sabia o quando os homens são cruéis e egoístas com as mulheres.
Mas Belo era um homem diferente desde muito cedo ele sempre tentou ajudar a mãe, especialmente, no serviço de casa, que aliás  os homens não dão muito valor. Por conta disso, ele sabia lavar, costurar, cozinhar, bordar e fazia esses serviços como muito gosto. Isso só fazia aumentar ainda mais seu sucesso com as moças, mas o coração do rapaz não se interessava por nenhuma.
Além do interesse das mulheres Belo também despertava a raiva dos rapazes do lugar, mas eles não faziam nada para conquistarem as moças e assim sempre ficavam sozinho. Com raiva porque todas elas so pensavam em Belo um dia um dos rapazes contratou uma macumbeira para fazer uma macumba para matá-lo. Acontece que a mulher quando viu o rapaz não teve coragem e pior se apaixonou também por ele, mas como precisava ganhar um dinheiro ela fez um feitiço que o deixou dormindo e deixou um bilhete falando que a bruxaria só iria ser desfeita quando a mulher mais feia da favela o beijasse, no caso ela.
Quando a mãe de Belo chegou que viu o filho caindo ficou desesperada, chamou os vizinho e saiu a procura da mulher mais feia da favela a primeira pessoa que ela encontrou foi logo a macumbeira que foi logo falando que o que tinha acontecido com Belo foi obra da terrível macumbeira. A mãe do rapaz quis saber quem era essa mulher e porque tinha feito aquilo com o seu filho a outra não soube explicar, mas disse que era melhor ela ir lá beija-lo para quebrar o feitiço antes que fosse tarde demais.
A mãe de Belo perguntou como ela sabia que tinha que o rapaz para desmanchar o feitiço se ela não havia lhe falando.  A macumbeira começou a se irritar com mãe a mãe de Belo tentou entrar na casa do rapaz a força e beija-lo, mas a mãe do rapaz não deixou. Ela então ameaçou a senhora de que se ela não deixasse ela beijar o rapaz ela faria um feitiço tão grande para a senhora que ela mão iria nunca mais acorda. Quando as duas estão ali discutindo chegam todas as moças da favela a fim de beijar Belo a macumbeira fica ainda mais furiosa. Mas o que aconteceu vocês só vão saber nos próximos capítulos dessa história. Espere que você não se decepcionará.

Christacila
Enviado por Christacila em 03/09/2006
Código do texto: T232044
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christacila
Marabá - Pará - Brasil, 23 anos
1 textos (67 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:36)