Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE BAGUNÇA! VAMOS EMBORA!

QUE BAGUNÇA! VAMOS EMBORA!
Esse sonho foi relatado por um líder, que estava passando por um momento de mudanças. As mudanças de cidade, de casa, de relacionamentos... provocaam nessa pessoa uma desarmonia interior. O inconsciente usou o as tarefas que ele executava no dia-a-dia (palestras, work shop, seminários) para revelar-lhes as desordens interiores. O inconsciente estava comunicando que ele não estava entendendo nada na nova realidade; o mundo emocional estava uma bagunça.

Estava eu com uma grande quantidade de jovens em um retiro. O local aonde estávamos reunidos era como uma lona de circo. Local limpo, lona bem armada, esticada e de boa aparência; um ambiente agradável.
Fui chamado para ensinar a Bíblia aqueles jovens. Havia em mim uma consciência de despreparo para aquele momento específico. Mas, comecei a ensinar, contudo me faltava conteúdo sistematizado, organizado e progressivo do assunto. Os jovens dispersavam, eu parava e chamava-os para prestar atenção naquela mal preparada reflexão. Colocava-os para discutir o assunto em pequenos grupos, depois reagrupei-os no grupo maior...
Em um determinado momento daquela desordem de idéias e assunto. No meio daquela babel mental de idéias, agrupados no grupo grande, um dos jovens deu um grito: que bagunça! (esse jovem que grito na vida real é muito desorganizado, no seu negócio empresarial). Outro grito: uma jovem gritou: “vamos embora, assim não dá”. (essa jovem que convocou uma debandada é extremamente organizada no seu trabalho).
Neste momento conclamei que parasse com a algazarra, para continuarmos com o ensino da Bíblia, mesmo que inseguro no conteúdo apresentado.

A interpretação: Vivo um momento de muita dificuldade interior. Mudei para uma nova cidade há quase dois meses. Na mesma cidade estou quase mudando para uma segunda casa na mesma cidade. Isso bagunça meu mundo interior. A mudança para a nova cidade, gerou despesas e ainda não recebi o primeiro mês de salário. Quando recebi não veio reajustado com o aumento de salário dado pelo governo no mês de abril.
Também perdi um salário liquido no primeiro mês, sem contar o reajuste. Tudo isso bagunçou as minhas finanças.
A pessoa que no sonho gritou: “que bagunça!” é extremamente desorganizada nas finanças da empresa que possui e também nas finanças pessoal.
A jovem que gritou: “vamos embora”, é extremamente organizada.
O meu inconsciente revelava-se nessas duas personagens, denunciando ao consciente que o eu mais profundo estava todo complicado, estava uma desordem.

Obs: quem sabe se Jung interpretaria esse sonho de maneira parecida!
CIRLON PEREIRA
Enviado por CIRLON PEREIRA em 22/09/2006
Código do texto: T246190

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CIRLON PEREIRA
Ilhéus - Bahia - Brasil, 44 anos
208 textos (24697 leituras)
12 áudios (364 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:46)
CIRLON PEREIRA