Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lividez

Você entra em meu quarto como uma sombra,
Invade minha mente como se já fosse intimo
E vaga por entre meus sonhos e pesadelos
Fazendo parte dos meus insanos pensamentos.
Entre debates na cama ouço em meu ouvido
Um leve sussurrar.
Alguém me chama,
E me beija,
E me toca.

Abro lentamente meus olhos cansados
Que expressam pura dor e insanidade.
Com seus longos cabelos negros
E olhos claros que mostram solidão,
Ele vem procurar conforto em mim.
Seus lábios rubros como o sangue buscam os meus,
Suas mãos lívidas e longas
Querem viajar pelo meu corpo
Branco como a Lua no céu,
Que nos observa misteriosamente
E ilumina o quarto sombrio.
E na escuridão do meu quarto
Um clima fúnebre e lascivo começa a nos envolver...
Uma canção negra vem e impera no lugar
Fazendo-nos viajar mais e mais.
Ele sussurra palavras em meu ouvido
E aproxima-se de meu pescoço
Frágil como que feito de porcelana.
Seus dentes reluzem sob a luz do luar
E morde bruscamente a garganta leve como seda.
Algo toma meu corpo:
PRAZER, SANGUE, DOR,... MEDO!!!
... Desfaleço...
...Abro os olhos e vejo-o velando meu sono.
Levanto-me.
Ele pega minha mão e saímos noites à fora
Sedentos de sangue languida e eternamente a vagar!!!
04/10/2005(terça-feira)
morbidah
Enviado por morbidah em 17/11/2006
Código do texto: T293813
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
morbidah
São José dos Pinhais - Paraná - Brasil, 27 anos
27 textos (657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:05)
morbidah