Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Pensamentos

Caminhava calmamente, seus pés descalços tocavam a areia, que as águas do mar vinham constantemente acariciar. Estaria o mar com ciúmes? Quem sabe apaixonado, colhendo cada marca na areia e guardando-as em suas águas.
Enrolando as pontas dos cabelos entre os dedos, vez ou outra um sorriso maroto fluía em seus lábios e seus olhos reluziam um brilho incomum. O que pensava a menina? O vento perguntava, e soprava seus cabelos a perguntar.
― O que estás a pensar?.... O que estás a pensar?....― e novamente o vento vinha e a tocava... ― O que estás a pensar?
Ela podia sentir a curiosidade do vento. Arteira, começava então a correr em círculos, abrindo os braços driblando a todo instante sua direção e quando percebia que o enganava, sorria graciosa, pulava desordenadamente. Assim o vento a perseguia, pra lá e pra cá, e insistia em perguntar.... O que estás a pensar?
Quando enfim cansou de correr do vento, a menina deitou-se na areia, e se entregou as suas perguntas que pareciam cócegas. Seus cabelos espalhados e misturados na areia tomaram a forma de tentáculos. ― O que queres saber? ― perguntou a sorrir.
― O que estás a pensar?
― Penso em tudo, tudo ao mesmo tempo. ― respondeu a menina. ― E tu, o que pensas vento?
― Eu? Mas eu não penso, só existo e vejo as pessoas a pensar. Por isso preciso saber, o que pensam as pessoas, o que se passa quando seus olhos brilham.
― Então não sabes vento? Não sabe o que as pessoas pensam? ― perguntou a menina surpresa.
― Não. A menina pode me dizer?
Séria e mais pensativa ainda, ela respondeu:
― As pessoas pensam em tudo, depende do momento...
...Pensam no que não sabem e querem muito saber...
...Pensam no que sabem e não queriam saber...
...Pensam no que existe, e querem conhecer...
...Pensam no que não existe, mas querem crer.
...Pensam no que acontece e não era pra acontecer e...
...no que não acontece e queriam fazer.
― Nossa, são tantas coisas assim?
― Sim. As pessoas vivem sua vida a pensar. O sol vem e vai embora, os dias se passam e as pessoas jamais deixam de pensar.
― Mas não há um momento em que precisem parar de pensar? Parece um tormento. ― diz o vento a menina.
― Há sim, quando as pessoas dormem. Quando o sol se vai e a noite toma conta do céu, as pessoas dormem e daí sonham a noite inteira.
― E com o que sonham?
― Com todos os seus pensamentos. ― falou a menina. ― As coisas que existem não acontecem nos sonhos, mas as que não existem passam a acontecer quando as pessoas sonham.
― Então, os sonhos são todas as coisas dos pensamentos ao contrário? ― pergunta o vento atônito.
Ela da gargalhadas agora, e diz feliz. ― Sim, tudo ao contrário! Uma outra vida nos sonhos, talvez para que não se fartem, ou para que retornem todas as noites os dias que viveram. Por isso as coisas são diferentes nos sonhos. ― disse a menina levantando-se e pondo-se a caminhar novamente...
― Espere! ― gritou o vento. ― Você não me respondeu! Em que coisas a menina pensava?....Espere....
Bya Naue
Enviado por Bya Naue em 17/10/2005
Código do texto: T60589
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bya Naue
Anápolis - Goiás - Brasil, 49 anos
9 textos (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:53)
Bya Naue