Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ULTIMO VIAJANTE

 
   Não se sabe onde?
   Muito menos o porque.
   Mas sempre continua,
   Perguntando pra onde chegar?

   Não sei o que isso vai dar, mas uma coisa é certa, o nosso protagonista não vai ter um dia qualquer, hoje ele ira começar sua jornada em busca da única pista que ele tem, um bilhete, um bilhete velho e amassado escrito a lápis e se você esta esperando um bilhete esclarecedor ou bombástico sobre a família de nosso herói, você esta muito enganado caro leitor, no bilhete hà apenas uma frase sem nexo e um endereço desconhecido

                       QUEIME TUDO

                   RUA GREGORIO SAMSA, 1925

   Ele ainda não sabe da existência do bilhete que esta em sua mão, na verdade ele nem sabe da própria existência, daqui a alguns minutos ele ira acordar em sua maca gelada e suja e sem saber de nada terá uma única esperança, encontrar o endereço do bilhete.
   Já que nosso herói épico não se lembra do nome, e eu não faço a minima ideia de como ele se chama, vamos chama-lo de 01. O quarto contem  apenas a maca onde 01 dorme e uma cadeira onde uma senhora de pele enrugada o aguarda, ela espera de costas para a porta aberta que é de onde vem a única fonte de luz.
   Aflita ela espera, ela não pode ir embora, ela tem que esperar o novato acordar. Os novatos são raros, de tanto em tanto tempo aparece alguem inexplicavelmente nesse mundo confuso e misterioso, todos sem lembranças, sem sonhos e com um único objetivo

                        RUA GREGORIO SAMSA, 1925.

   01 já esta acordando e a nossa anciã que o aguarda ansiosa cumprirá a sua missão na qual realiza a seculos, recebendo todos os novatos que chegam, mas ela sabe que dessa vez é diferente, ela não sabe porque, mas ela sabe que acabou, que tudo ira acabar, que sua missão acaba aqui e que finalmente dentre todos que ela já recebeu é ele irá cumprir a missão ,ELA APRENDEU QUE TUDO UM DIA ACABA E QUE ESSE DIA ESTA PROXIMO , ela de alguma forma SABE QUE ELE É O ULTIMO VIAJANTE.

CONTINUA...
Rafael uruguay
Enviado por Rafael uruguay em 21/11/2007
Código do texto: T745631
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael uruguay
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
18 textos (542 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:45)
Rafael uruguay