Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

§§§§INVASOR§§§§


    ...Ás vezes me tenho como distraída
       um tanto distante e um tanto mendiga
       cato coras de caras jogo fora
       nas cédulas de flor uma planta mora
       brilhos reluzentes pela terra que chora
       artifícios da vaidade no coração vazio da maldade
       Além de ser você outros vem tomar você
       sua memória inteligência oculta na cabeça maluca
       raspas de um só desejo sonhos que só almejo
       capacetes de ouro só correm atrás do corno
       amizade preferida só é verdade quando é ferida
       cascatas de risadas só acaba com a cara fechada
       pensamentos de sua vida atrás de uma palavra perdida
      homenagem de um belo dia pra sempre esquecida
      e quem apanha nuca esquece e quem bateu sempre chora...
       
aniel
Enviado por aniel em 01/12/2007
Código do texto: T760130

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
aniel
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
42 textos (898 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 00:32)
aniel