Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fenômenos - parte final

      ----- Fizeste bem em me procurar. Estou aqui no Brasil a um bom tempo. Faço parte de um grupo seleto Sr. Liptus, é muito dificil nos envolvermos em contendas desse tipo. Nosso grupo faz parte do equilíbrio. Mas vejo que no seu caso, o equilíbrio das forças foi quebrado. No passado éramos conhecidos como feiticeiros, magos ou bruxos, porém hoje nos chamam de sábios. Existe ainda muita coisa que a tecnologia não pode explicar Dr., e entre essas coisas nós mantemos os segredos que somente os grande iniciados e os 'marcados' podem saber. Marcados são os seres que por uma circunstancia do tempo acabam nascendo em dia e hora propícios aos desígnios da lua e dos Deuses do Além. Existem hoje cerca de 7 marcados no mundo. O senhor esteve com um na India. Eles raramente possuem alguma espécie de conhecimento que podem colocar em prática, porém eles detém o Karma de encontrarem em qualquer lugar do planeta alguém que possua o conhecimento da prática, 'os Templários de Kanthis'. Por ventura nossa e dos que nos antecederam, o que se sabe sobre nós é o que queremos que saibam, se é verdade ou mentira, isso não importa. A força do vento existe e ninguém o vê, mas vemos o que ele provoca. Sr. Liptus, a casa em que morou quando morreu sua empregada, era uma casa onde eram feitas reuniões sabáticas. Como o Sr. me disse que sua empregada era descendente de africanos posso supor que alguém, algum espirito permanece na casa como um vigia, guardando a casa contra outros ritos que não os que lá haviam. Alguma coisa rompeu o silêncio que guardava a casa, que os, ou o, mantinha em silêncio. Você me disse que eles sempre apareciam na hora das refeições, e que tinha uma menina com 10 anos. Sr. Liptus, me perdoe a pergunta, mas... Sua filha estava menstruada? Sabe, é que o sangue da menstruação, da primeira menstruação tem o poder de atiçar e de despertar odores que os demônios ou espíritos podem sentir. E esse sangue pode lhes dar poder para despertar, se a pessoa não for batizada. Sua filha era batizada Sr. Liptus?
    ---- Não! Nós...
    ---- Não se preocupe, Dr. Não se trata de religião. É que com o batismo a criança tem o sinal da proteção divina sobre si, então torna-se mais dificil o contato de espíritos malignos. Me disse que no primeiro contato eles não atacaram, apenas se divertiram, isso quer dizer que provavelmente ela ainda não havia menstruado, porém quando isso aconteceu seu filho quase morreu Dr.
      ----- Agora me lembro. Martha me disse que Kate estava virando moçinha, e eu não dei muita importância a isso.
      ---- Sr. Liptus, ouça-me com atenção. Se colocar em prática o que lhe disser aqui, com certeza poderá libertar a alma de sua filha e de sua empregada da danação eterna, pois senão elas vagarão sem descanso, importunando sua família com sonhos e pesadelos por muito tempo. Vá até a casa onde moravam, procure por algum objeto estranho colocado em um local que não lhe diz respeito. O mais comum em casos assim é encontrar sobre os degraus da entrada da casa, ou enterrado no centro da casa. Como me disse que os acontecimentos principiaram da cozinha, sugiro que dê uma olhada ali primeiro.
      ---- O que tenho que procurar?
      ---- Um osso humano doutor. Provavelmente amarrado com arame de cobre ou uma peça de roupa. Pegue essa ossada, queime ela em local distante onde não poderá ser incomodado, e reze enquanto o fogo consome tudo. Depois enterre tudo cantando essas frase em Latin- lhe estendeu um pequeno bilhete - e faça uma cruz no local onde resolver enterrar esses restos mortais. Por três dias não entre em sua casa, nem durma onde possa haver mais pessoas. Depois disso vá até a capela mais próxima e reze pelas almas que salvou. Não esqueça de levar, quando for tirar o osso da casa, uma medalha de São Bento. Encomende missas em três igrejas diferentes durante todo o inverno, todos os dias em que houver celebração. Depois disso verá que tudo se resolverá.
      ---- E se eu não encontrar o osso humano?
      ---- Encontrará, não se preocupe. Para ter mais certeza de onde cavar comece por onde caiu a empregada quando foi esfaqueada. Se cavares quando o sol rosar, terá menos trabalho.
      ---- O sol rosar? Que é isso?
      --- O amanhecer ou entardecer, quando o sol fica com tons rosados e alaranjados, no horizonte. Agora não esqueça, ao sair da casa, faça uma cruz em cada pegada que deixar no chão.
      ---- Muito obrigado. Muito obrigado mesmo. O que posso fazer pelo senhor? Quanto ficou? - disse puxando um talão de cheques
      ---- O que pode fazer por mim? Nada Dr. nada. Pode rezar, não por mim, mas pelo senhor, para que tudo dê certo e para sua família, já que nesse momento sua esposa se encontra sozinha com sua filha em um local muito distante a mercê de espíritos malignos.
    ---- Mas isso vai dar certo, não vai?
    ---- Fé, meu caro amigo. É preciso ter fé para que tudo possa sair a contento. A magia está na fé de quem a pratica, assim como a feitiçaria.
    E o Inglês saiu do Brasil consciente de que sua busca terminara.
Ivair Antonio Gomes
Enviado por Ivair Antonio Gomes em 28/02/2006
Código do texto: T116950

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o email xstranho@pop.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ivair Antonio Gomes
Palhoça - Santa Catarina - Brasil, 47 anos
169 textos (104753 leituras)
8 áudios (23947 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:04)
Ivair Antonio Gomes