Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Relógio Maldito

Um certo dia uma criança brincava na sala de sua casa enquanto os pais assistiam televisão. De repente ela falou:
-Mãe vou a cozinha beber água.
-Pode ir filho - respondeu a mãe.
-Passaram-se mais de 30 minutos e nada da criança voltar, os pais não notaram sua
ausência, porque estavam entretidos com o programa, mas assim que terminou a foi a primeira a notar que já havia se passado muito tempo. Ela ficou preocupada e disse ao marido:
-Nossa! Como o Jonathas está demorando.
-Ele deve esta brincando – disse o pai.
-Mas tanto tempo assim?
-Deixa de ficar pegando no pé do menino e controlando. Vai criar ele como uma mocinha é?
Ouvindo isso a mão não falou mais nada com o pai, mas assim que ele se distraiu com o outro programa que começou na tevê, ela foi direto à cozinha ver o que tinha acontecido com o filho.
Quando chegou ao local ficou chocada e sem palavras ao ver seu filho esfaqueado e todo ensangüentado e sem o olho direito, desesperada a mulher começa a chorar e gritar pelo seu marido, mas esse não vem em seu socorro.
Após algum tempo gritando ela saiu correndo para a sala para ver o que está acontecendo com o marido que não responde, quando chega lá o encontra morto sobre o sofá todo ensangüentado com uma facada no peito. Nisso ela ouve um barulho atrás dela, é um boneco que sai de dentro dele com uma corneta na mão avisando que já são meia – noite, mas só que desse vez o boneco não vem como de costume, ele parece que tem vida, pois se movimenta e mostrar a mulher uma faca toda ensangüentada e joga em seu rumo, depois volta para dentro do relógio.
Horrorizada e atrapalhada ela liga para a policia que chega imediatamente ao olha o local os policiais pegam o depoimento da mulher, examina o relógio, mas não há boneco nenhum, e também não acham digitais na faca. A policia não acredita nela e pior ficam convencidos que foi ela quem matou o filho e o marido, por isso prendem-na.
Na cadeira a mulher passa a ter visões detalhadas do crime via o marido e o filho agonizado tentando se defende das facadas do boneco, depois via o filho só o esqueleto e acordava gritando e chorando. Por causa da história que havia contado sobre a morte do filho e do marido e por essas visões ela foi mandada para um manicômio.
Quando chegou lá uma enfermeira lhe mostrou todo lugar. Por esta muito cansada a enfermeira a levou para o quarto mostrou o local mandou ela tomar um banho e saiu para busca a sua comida. Enquanto ela tirava a roupa observava o quarto, os móveis, o piso, a parede e quase morreu de susto quando deu de cara com o relógio que ia marcar meio – dia.
Desesperada ela tenta sair do quarto, leva a mão a maçaneta da porta, mas já é tarde o relógio marca meio - dia e o boneco sai com uma faca mão diz:
-Tchau!
Nisso joga a faca em sua direção.

Draco
Enviado por Draco em 26/05/2006
Código do texto: T163570
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Draco
Marabá - Pará - Brasil, 22 anos
1 textos (169 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:45)