Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sugadora de Almas

Um grupo de amigos, aproveitando que todos estavam dormindo, saíram à noite para o cemitério a fim de visitarem o túmulo de uma amiga que havia morrido. Os amigos Juliana, Beatriz, Rafael e Dudu chegaram no túmulo da amiga e viram perto dele uma estátua com um aparecia muito feia. Na frente dela havia uma cruz. Rafael falou aos amigos que religião deles não permitia que se usasse cruz, por isso ele tirou a cruz.
Mal sabia ele que ao tirá-la a estátua criaria vida. Assim que ele a pegou a cruz a estátua criou vida e começou a se mexer e foi se transformando numa mulher com unhas grandes, olhos vermelhos e grandes chifres na cabeça. Quando viram aquela criatura medonha, os amigos correram com medo e foram para uma casa velha que havia próximo ao cemitério.
Assim que entraram na casa Juliana, Rafael e Dudu se esconderam embaixo da cama. Beatriz não encontrou lugar para se esconder, não teve outra saída a não ser, pegar um machado velho que estava no chão da casa, se esconder atrás da porta e ficar esperando a criatura, nisso a janela da casa começou a tremer era a criatura que chegava para pegá-los. Ela chegou passou pela janela e pegou Beatriz e a matou. Depois sugou sua alma, arrancou os olhos da menina e comeu-os. Quando fez isso ela ficou mais forte.
Os meninos aproveitando que ela estava distraída saíram correndo em direção a cidade. Quando chegaram na pista passou um carro e eles pediram carona ao motorista até o ela. Chegando lá eles perceberam que a sugadora de almas já havia passado na cidade porque não havia ninguém vivo, todos estavam mortos. O único lugar que ainda tinha gente viva era a igreja, então eles correram para lá e pegaram uma água benta e ficaram esperando a sugadora de almas atacá-los. Quando ela veio pegá-los, eles jogaram a água benta nela e ela queimou até morrer e quando terminou todo mundo que ela tinha sugado a alma volto a viver.
ELIANIA
Enviado por ELIANIA em 09/08/2006
Código do texto: T212541
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELIANIA
Marabá - Pará - Brasil, 24 anos
3 textos (376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:31)