Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Vampiro na Escola

Era uma vez um vampiro que se chamava Frank. Ele tinha um filho, Grak, que lhe dava muito trabalho, pois já tinha sido expulso de várias escolas. Por causa disso o pai andava muito bravo e tomou uma atitude drástica. Mandou ele para um internato de vampiro para ele aprender a sugar sangue e matar as pessoas. Alguns meses depois Frank foi buscá-lo, assim que o viu percebeu que ele havia aprendido a se defender porque lá no internando era cada um por si, não tinha o pai para defender.
 Assim que Grak voltou foi matriculado numa escola de humanos. Para se dá bem, agora na escola, ele vivia calado, quase não falava com ninguém. A professora que se chamava Ana desconfiou logo daquele jeito triste e quieto do menino, por isso ela pediu que ele levasse o pai no dia seguinte à aula para ela conversar com ele.
No outro dia o Frank apareceu na escola para conversa com a professora. Logo que viu ele Ana sentiu uns arrepios estranhos e ficou com muito medo por causa da aparência esquisita do pai do garoto, mas mesmo assim foi conversar e perguntou logo:
- Porque o Grak é tão quieto e triste? Ele é assim desde criança?
Frank quando ouviu a perguntou olhou a professora e sorriu colocando as presas de fora. Ana quando viu desmaiou de tanto medo e só foi acordar na casa do vampiro.
Logo que acordou ela ficou muito apavorada, se levantou e começou a procurar uma porta ou janela, nisso foi parar na cozinha e abriu a geladeira para tomar um pouco de água, mas havia, apenas, potes de sangue.  Com muito medo Ana saiu correndo e foi para no quarto lá tinha dois caixões que fez com que ela saísse às pressa e ir para a sala de jantar e se deparar com uma mesa cheia de suco de sangue, torta, bolo tudo de sangue. A professora achou aquilo muito nojento e saiu correndo para uma porta que viu na sala. Quando chegou lá Ana encontrou com Frank que estava olhando pro pescoço dela e andando em sua direção. Sabendo o que ia acontecer a professora correu para a porta da cozinha, abriu e foi para no quintal lá ela encontrou um monte de mortos que o vampiro havia matado para chupar o sangue. Sem saber o que fazer e tendo Frank atrás de si Ana decidiu que não seria mais um vitima dele, assim ela se ajoelhou e começou a rezar pedindo ajuda. Nisso ela olha para um dos mortos que estava a sua frente e vê ele segurando uma estaca bem devagar das mãos dele. Quando Frank vai se aproximando pelas costas dela e puxa os seus cabelos para morder seu pescoço Ana se vira de uma vez e enfia a estaca no peito dele e matá-o. Grak ao ver o pai morrendo foge. E assim a professora consegue se salvar e contar a histórias para todos.

































Anahi
Enviado por Anahi em 15/08/2006
Código do texto: T217154
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anahi
Marabá - Pará - Brasil, 24 anos
2 textos (302 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:49)