Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Casa dos Rostos

O senhor Daniel era um velho, gordo que morava em uma casa muito grande e bonita, mas tinha um problema ela era assombrada, nos últimos tempos o senhor Daniel via constantemente rostos por vários lugares da casa. Ele chegou até a pensar que estava caducando, pois os rostos apareciam na parede, no chão, na banheira, no prato, no guarda roupa, por todo lugar.
Estes rostos que o senhor Daniel enxergava era de uma família que foi morto por um maníaco. Embora tenha sido a muito tempo, a família não conseguia se desligar do local, por isso apareciam para todas as pessoas que vinham mora na casa e as assustavam falando: “vão embora e deixam nós vivermos aqui em paz”.
De tanto ouvir isso o senhor colocou uma placa na casa de VENDE-SE e também divulgou o anúncio nos jornais de tv e impressos e ficou esperando que alguma pessoa se interessasse pela casa.
Nesse mesmo período chegou a cidade um casal, Roberta e Diego. Eles tinham uma filhinha pequena a Bia. Eles estavam procurando uma casa para comprar e leram o anúncio em num jornal. Então o casal foi ver a casa a fim de comprá-la. Quando chegaram, o velho estava tão perturbado, que deu as chaves para eles e assinou um recibo de compra e venda e nem recebeu o dinheiro, foi logo embora, nem quis saber de conversa, fez isso e sumiu para bem longe e ninguém nunca mais soube do paradeiro do velho.
Assim que o senhor saiu o casal achou estranho, mas pensou que ele iria voltar. Roberta e Diego entraram desconfiados na casa olhando tudo direitinho. Mas que bom que estava tudo bem, pensou a mulher.
Depois de uma semana morando lá começou a acontecer coisas estranhas, pratos e colheres fazendo zoada sem ninguém mexer. Numa noite também aconteceu uma coisa muito estranha a Roberta ouviu a Bia chorar e foi vê-la, mas quando chegou onde o bebê, ela estava dormindo. No outro dia, quando a família foi tomar o café da manhã, apareceu no prato da Bia um rosto. Ela ficou brincando com o rosto, mas a Roberta quando o viu pegou o bebê e saiu correndo desesperada gritando o seu marido. Ele veio correndo é quando viu o rosto dentro do prato, jogou-o no chão, ai foi que apareceram mais rostos.
O Diego quando viu aquele monte de rostos pegou a Roberta e o bebê e foi para o quarto. Eles então começara a arrumar as coisas e desceram rapidamente na esperança de conseguirem sair daquela casa assombrada. Eles então, desceram devagar e na hora que o Diego ia abrindo a porta para saírem, apareceu um rosto falando para eles sumirem da casa e dizerem para as outras pessoas nunca mais irem lá.
Após o recado eles saíram correndo entraram no carro e foram para bem longe da casa dos rostos. Depois disso ninguém nunca mais voltou a morar na casa e essa história da casa dos rostos virou uma lenda para assustar crianças.

Teteia
Enviado por Teteia em 18/08/2006
Código do texto: T219504
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Teteia
Marabá - Pará - Brasil, 22 anos
1 textos (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:40)