Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A sombra

Certo dia na cidade de Carajás aconteceu uma coisa muito estranha. Às 8:00 da noite a tumba do temido Eduardo, um assassino em serie, se abriu e uma sombra saiu de dentro.
A sombra começou a vagar pela cidade até chegar ao centro da cidade onde estava acontece uma fresta. Assim que ela chegou ao local as luzes se apagaram e de repente a sombra começou a aterrorizar as pessoas da festa perseguindo-as e se divertindo. Esse tormento durou até as 4:00 da madrugada quando a sombra retornou para sua tumba.
A noticia se espalhou na cidade e não se falava em outra coisa, uns morriam de medo até de lembra da noite anterior, outros, que não estavam no local, não acreditavam e por isso não ligavam e continuaram a sair à noite. Mas eles iriam mudar de idéia logo mais a noite, porque Eduardo, voltou a atacar, só que dessa vez o matador em série tem sede de sangue e por isso ele vai matar quem encontrar pela frente.
Com essa idéia o temível assassino sai mais uma vez de sua tumba e volta a vagar pela cidade até chegar a praça. Lá ele avista um casal vai em direção dos dois, entretidos namorando eles nem percebe que a sombra se aproxima. Só quando ela agarra a moça por trás e começa a enforcá-la e que o casal se dá conta do perigo. Ela aperta tanto o pescoço da moça que a mata asfixiada. Enquanto isso o rapaz tenta fugir, mas em vão porque a sombra também o pegar e mata-o da mesma forma.
Depois desse dia coisas estranha continuam a acontecer na cidade de Carajás. Mas isso eu conto numa outra história. Agurade!!!

*****


Bruno Mágico
Enviado por Bruno Mágico em 01/09/2006
Código do texto: T230419
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Mágico
Marabá - Pará - Brasil, 22 anos
2 textos (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:55)