Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Bicho Roncador

Zé Carlos engatilhou a espingarda, abriu uma fresta na porta e espiou.
— O bicho ‘tá lá fora, Maria! — ele tremia.
— Deixa, Zé. Aqui dentro ele não faz nada... — Maria, incerta.
— Que nada, mulher. Você não ouviu a história do Tião. O bicho comeu uma criança já.
— Mentira, Zé. O Tião só fala mentira!
— Mas olha, olha o ronco do bicho. Ele ‘tá rondando.
E estava mesmo. Era possível ouvir o caminhar dele, a respiração profunda, rosnar dum tigre.
Zé Carlos disparou para fora, Maria com mãos unidas, rezando.
— Foi embora. — Maria, desesperada.
— Não sei. Acho que não.
O ronco aumentou, o som das patas mais perto, Zé Carlos tremia, Maria também.
— Fecha a porta, Zé, fecha!
Mas não deu tempo, quando Zé a encostou e se preparava para trancá-la, o monstro deu uma trombada, derrubou Zé e estraçalhou Maria. Depois, foi embora. Zé chorando sozinho, espingarda na mão trêmula.

— Mentira, Tião! Este bicho não existe. — Pedro tragava o cigarro de palha.
— Mentira não, Pedro; meu amigo Zé Carlos que não me deixa mentir. Agora me vou, só não esqueça de trancar a porta.
Pedro não obedeceu, mas, quando ouviu o ronco fora de casa, se arrependeu.
Tião nunca mentia.
Henry Alfred Bugalho
Enviado por Henry Alfred Bugalho em 04/06/2007
Código do texto: T512817
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henry Alfred Bugalho
Estados Unidos, 36 anos
293 textos (56621 leituras)
1 áudios (176 audições)
39 e-livros (4161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/07/17 12:07)
Henry Alfred Bugalho