Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Bruxa de Três Mamilos

               A Bruxa de Três Mamilos

 Oh! É a bruxa de três mamilos.
 Por Deus! Que anomalia iníqua. Força dos próprios príncipes do submundo.
 Ela que é perversa e feia, roga pragas para as mulheres não povoarem mais o mundo com suas crias das quais ela considera imundas. É, também, feiticeira da mais devassa macumba. O próprio demônio, em cortesia, deu-lhe um terceiro seio.
 Bizarro. Bisonho. Triforme. Tristonho. Macabro. Medonho.
 Esta terceira teta ainda é provida de um olho macambúzio profético.
 Ele lê mãos e cartas; vê futuros e passados; e crê na queda dos homens e no apogeu dos demônios.
 Este olho, no lugar do mamilo, é o próprio olhar da besta furiosa.
 
 Olho, olho macabro,
 Abra olho torvo
 No futuro turvo
“ - É o olho que abro.”

 As mais terríveis profecias e as maiores hecatombes do mundo foram, primeiro, adivinhadas por este olho sorumbático. O olho que se situa no mamilo estranho acima do coração da bruxa.
 Ante ao holocausto a bruxa de três mamilos ri:
 - Heh, heh, heh.
  É o olho que tudo vê.
lord edu
Enviado por lord edu em 18/09/2007
Código do texto: T657908
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lord edu
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 28 anos
65 textos (4663 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 04:51)
lord edu