Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR AMALDIÇOADO!

   Um casal de namorados,vão até um acampamento cigano conhecer a cultura deste povo misterioso. Já no acampamento,eles observam os cânticos e danças; o que aumenta ainda mais o amor entre os dois.
   Diante de uma tenda da cartomante cigana, a jovem pede ao namorado que entre para que a cartomante possa ver o  futuro do amor dos dois jovens apaixonados.
   Ele atende ao pedido da amada,já avisando que não acredita em  tal bobagem.
   Já dentro da  tenda,diante da velha cigana,ele deixa que ela leia a sua mão. A cigana muda seu semblante de felicidade, para o de preocupação, ao ver na palma da mão do jovem, o símbolo do pentagrama;conhecido no  folclore como  o símbolo do lobisomem. Não querendo acreditar,ele deixaa tenda  nervoso. A jovem espanta-se ao ver o namorado  nervoso.Ela pergunta o motivo e ele prefer ficar calado.
   Querendo saber o que aconteceu, ela invade a tenda,mas, a cigana nada comenta.Como que por um encanto,os  outros ciganos dançam em volta do rapaz,já  prevendo o que irá acontecer ao  jovem.
   Pertubado  ele foge. A sua amada não o  encontrando,começa a procurar por ele.
   Tudo  fica em silêncio. O  rapaz retorna calmo para saber mais sobre a maldição. A velha cigana lhe revela que na próxima lua-cheia, ele se  transformará em um lobisomem e que o único meio de acabar com a maldição, é sendo morto pelas mãos da pessoa amada,através de um objeto de  prata. Desesperado, ele revela à amada,pedindo que omate.Ela nega. Ele entrega à jovem,um punhal de prata. Ela joga  o objeto no chão,dizendo que o seu amor irá curá-lo.Enquanto fala, o jovem começa a se  transformar no  lobisomem. Ela apavora-se. Ele ataca a amada, que no seu intuito de se defender, pega o punhal e crava no peito do  monstro.Ele cai sobre a jovem. Ela deixa as suas lágrimas molhar o  seu rosto,que vai voltando a forma humana, enquanto que os ciganos dançam e cantam o triste fim de um belo amor.

KUEY - 26/09/07
kuey
Enviado por kuey em 26/09/2007
Código do texto: T669421

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (roberto kuey). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
kuey
Porciúncula - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
63 textos (3221 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:29)
kuey