Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ZÉ MANÉ TIBIRIÇÁ


MANÉ TIBIRIÇÁ




Em um arraial do Leste de Minas morava um pequeno fazendeiro, e, este tinha um filho mudo. Ele quando ia para o roçado levava o garoto de sete anos para ajudá-lo, ao mesmo tempo em que ia tentando ensinar o guri a arte e a prática da agricultura. O garoto era esperto e prestava a atenção em tudo, só não falava mesmo.
Numa bela quarta-feira de abril o fazendeiro e o menino construíram um espantalho para colocá-lo no arrozal... O homem pôs o nome no espantalho de Zé Mané Tibiriçá de tão feio, desengonçado e esquisito que ele era, tendo inclusive as pernas tortas e os olhos esbugalhados feitos de caroços de manga ouro. Ele disse ao garoto: o nome deste espantalho é Zé Mané Tibiriçá, guarde este nome e sempre que vir aqui no arrozal bata na bunda dele para dar sorte. O menino abanou a cabeça, dando seu entendimento e compreensão do que seu pai falara.
No mês de novembro do ano de 1952 começou a chover forte na região e adjacências.
Com a chuva daquele ano, no arraial de Jampruca, Vale do Rio Doce, (capital mineira da lingüiça) começou a dar uma tempestade, com trovoadas e raios, e, a tempestade aumentara consideravelmente, arrasando o povoado e muitas terras da região. E, ela atingiu a fazenda do Bessinha, levando o espantalho Mané Tibiriçá rio abaixo, e, este fora parar na pequena cidade de Campanário, exatamente na praça à porta da igreja matriz.
Existia um convento de freiras naquela cidadezinha, e, as beatas vendo aquela grotesca e tosca figura à porta da igreja o tomara por um sinal de Deus e o levara para dentro da igreja deixando-o num canto do altar-mor.
No domingo os fiéis, como o de costume, foram para a missa rezada pelo padre João ajudado pelas beatas e pelo sacristão Zé Bento. Ao término da missa alguns fiéis vendo o espantalho se aproximaram dele e começaram a rezar e até colocaram esmolas ao seu pé, tomando-o por um novo santo. As beatas assistiram as cenas e cochicharam entre si.
A notícia do novo `santo´ espalhou-se pela cidade e pela região, tendo algumas pessoas afirmado que recebera bênção e milagre daquele maravilhoso enviado de Deus. E a novidade correu de boca-em-boca, chegando aos ouvidos do fazendeiro Bessinha que espalhou os acontecidos pelo arraial, comunicando à sua mulher que pretendia levar o filho mudo para ver o santo milagreiro de Campanário.
Num domingo de setembro de 1953 lá se foi o fazendeiro e o garoto para visitar o `santo´. Em chegando à praça ele subiu as escadarias rezando e contrito, pondo fé no santo. Ele e o garoto sentaram-se na última fileira de bancos da matriz, assistindo a missa do padre João e rezando para que ocorresse um milagre. Terminado a missa, os dois visitantes foram até o altar-mor, e, aconteceu o inacreditável: o garoto vendo o falado `santo´, aproximou-se do espantalho, bateu-lhe na poupança e disse: este `santo´ não é `santo´... É o Zé Mané Tibiriçá...
Milagre. - Dissera alto o fazendeiro.
Mi-i-la-a-gre. - Gritaram alto as beatas!
E quem disse que o fazendeiro trouxera o espantalho para a fazenda. As beatas não deixaram o `santo´ sair do altar-mor, e, ainda acenderam velas para o espírito do espantalho que acabara de fazer mais um milagre: o menino estava curado da mudez.
E acabou o causo que, entrou na boca do porco e, saiu no bico do pinto, quem souber de causo melhor, me conte cinco ao quinto.

                      F I M


PS: [Inspirado numa música caipira de Moreno e Moreninho]
Limagolf
Enviado por Limagolf em 25/04/2006
Reeditado em 13/09/2006
Código do texto: T145119
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Limagolf
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 64 anos
180 textos (19836 leituras)
2 e-livros (254 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:28)
Limagolf