Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fabulosa Fábula de Toxinas Tóxicas

 Balançando em seu balanço gostoso de balançar, Criança-Pira-Mundo ejaculava suas idéias mais inocentes borboletantes, quando pela boca aspirou um fiapo colorido de capim arco-íris que jazia-voante ali no ar panorâmico-hipnótico.

 Criança-Pira-Mundo tossiu espulgantemente até arco-íris herboso de si vazar.

 Já sem demora Mr. Arco-íris Herboso escamoteou-se motivando fluído entristecido escoar pelos orifícios oculares de Criança-Pira-Mundo que desejava levar um papo harmônico com Mr. Colorido Herboso afim de sacar a invasão intestinal pretendida pela ervinha.

 Crente-Picareta-Mucuim no mesmo instante por ali pisava seus pisantes infectos e oculando Criança-Pira-Mundo auto-aguando-se gralhou os dizeres:

 "Cripimun, amiguinho, para-te de entorpecer as nuvens de teu capacete aí na mesquinharia de tua solidão! Venha cá, passe pro teu camarada da boa-venturança o doce néctar dos Anjos da Cidade Suja que te traz a porra toda prazerosa aí dissimulada pela cara de criança berrenta."

 Criança-Pira-Mundo sentindo o fedor anal daquela prosa de titica através dos seus tímpanos agora feridos pela grasnada, soltou os punhos no centro oral daquele caipora vadio, desoxigenando-o legal.

 Enquando mistificado Mr. Arco-íris Herboso todo esse tempo passeante no conturbado acasalamento lesma+pernilongo, nauseou a massa incorpórea ao conscientizar-se de sua trágica penúria sensual. Ululando em sua desmaterialização indesejada, soniferou-se no estrambótico sulco do molusco ofegante.

 E logo já flamejante, Crente-Picareta-Mucuim laçou a meleca mucosa que no chão avistou e sabiamente verborizou:

 "Socaste meu divino e único orifício imaculado, agora hei de em ti adentrar pela guela a vindoura diarréia!"

 Então os ingênuos e famintos orgãos de Criança-Pira-Mundo iam sugando a super-bactéria suculenta e ziguezagueante foi-se extinguindo daquele pasto verde-lodo todo seu corpo agonizante.

 Rastejando indo, olhou rapidinho suas vísceras gordas expostas sorvendo aquela mucosa e notou uma luz caleidoscópica fluir de suas narinas e dos seus outros furos restantes.

 Impressionado e extasiado, Mr. Colorido Herboso despertou e através das córneas de Criança-Pira-Mundo avistou bem gostoso e bonito a vida telescopicamente.

 Criança-Pira-Mundo sacou a situação daquele capim colorido ultrajante sendo saboreado por suas próprias carnes, excitando-se no auto-acasalamento daquela overdose multicolor intra-orgânica cegante.

 E logo no próximo instante explodiu-se a matéria que lhe cobria e subiu ao céu encefalográfico na imagem de um Shiva-Jesus Cristo-Buda-Mickey Mouse-The Beatles-E.T.-Kafka coloridão fosforecente de centenas pontas diagonais.

 Criança-Pira-Mundo e Mr. Arco-íris Herboso agora metamorfologicamente unificados aquecem citoplasmicamente as coisas bonitas de uma orbe abismal.

ZZzzzz
Orbe Sardônico
Enviado por Orbe Sardônico em 24/07/2005
Código do texto: T37328
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Orbe Sardônico
Porto Feliz - São Paulo - Brasil, 30 anos
11 textos (501 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:57)
Orbe Sardônico