Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O tumor

Eles tinham  certeza de que uma ética pura, que contemplasse a todos, só era possível se a humanidade fosse unânime na devoção ao único ser incorpóreo, que se sacrificara por esta mesma humanidade; Jesus Cristo.
 
Bhuda, aos seus olhos, era sábio ao mundanismo do comportamento humano com o seu " não peque, evite o sofrimento". Como podiam, grande parte da humanidade sem recursos, suportar as tragédias diárias sem o mínimo de respeito as suas dignidades e sem a esperança de algum dia verem suas crianças como cidadãos saudáveis?

Mishima, Ono e Oshima, jovens de desenove anos, da cidade de Kobe, Japão, e mais alguns de diversas regiões, iriam mostrar ao mundo a interidade entre o incorpóreo e o mundo material. Eles sabiam como fazer isso. Simples, bastava fé para encontrar Jesus e fazê-lo falar através deles. Mishima, por ter o mesmo nome do grande poeta suicida, foi o escolhido para ficar e ser o polo receptor.

Ono e Oshima estacionaram a beira de uma auto-estrada e através de um lap-top iniciaram uma video-conferencia em forma de missa. Ao término, praticaram o ritual.

Passados seis meses, Mishima olha absorto as duas urnas contendo as cinzas de Ono e Oshima, esperando...esperando. O tumor do remorso começa a crescer em sua mente.
Raferty
Enviado por Raferty em 22/11/2005
Código do texto: T74897
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Raferty
Santos - São Paulo - Brasil, 58 anos
76 textos (12894 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:35)
Raferty