Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encontro das Palavras

A Mentira e a Verdade se trombam na rua dos Vocábulos e começam a conversar:

Mentira: Nossa! Como você está bonita?
Verdade: Que nada! Impressão sua!
Mentira: Não estou brincando, esse circunflexo em você ficou ótimo.
Verdade: Sei, pelo visto tem andado com a Falsidade.
Mentira: E você com a Intolerância. Não é possível, você não aceita um elogio!
Verdade: Querida, você é burra ou o quê? Parece que não me conhece.
Mentira: Conheço sim e muito bem. Fiquei sabendo que você andou machucando certo alguém.
Verdade: De quem está falando?
Mentira: Do Coração, é claro! Aquele sentimental! A Fofoca me contou que você disse a ele que a Paixão quer ficar com ele.
Verdade: Mentirosa!
Mentira: Além de andar com a Intolerância, tem andado com o Pleonasmo também?
Verdade: Ta bem, eu contei. Não achei justo o Coração sofrer por uma Paixão qualquer. Ele precisa me ouvir, saber a real.
Mentira: Você só estragou! A Ilusão que estava fazendo o esquema pra ele engatar um relacionamento sério com a Paixão.
Verdade: Que absurdo! A Ilusão servindo de cupido! Todos sabem que relação só com Paixão não dura, tem que ter amor.
Mentira: Absurdo foi você, o Coração estava só há meses, estava tudo arranjado pra eles irem dormir no apartamento do Sexo, que estava liberando.
Verdade: Quer saber, deixa-me ir embora, tenho um encontro com a Franqueza e a Lealdade, elas sim são pessoas decentes.
Mentira: Vai tarde! Tenho um encontro com o Trambique, acho que dessa vez a gente se acerta, a menos que a Inveja chegue primeiro.
Verdade: Esses seus contatos hein! Eu não conseguiria viver nesse meio. Ainda mais quando a Fofoca aparece lá no seu canto.
Mentira: Não fale assim, a Fofoca é apenas inconseqüente e inconveniente.
Verdade: Que milagre! Você assumiu!
Mentira: Ai que ódio! Olha só, só foi te encontrar e já fiquei assim, toda verdadeira!
Verdade: Bem feito, isso foi por ter me feito mentir sobre o Coração. Agora passar bem.
Verdade e Mentira tomaram rumos contrários, como sempre!

14/12/05

Miguel Rodrigues
Enviado por Miguel Rodrigues em 14/12/2005
Código do texto: T86006
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Rodrigues
Barueri - São Paulo - Brasil, 33 anos
1434 textos (42685 leituras)
6 e-livros (1681 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:42)
Miguel Rodrigues