Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Crime sem Castigo-parte um

  O assassino olhou a sua volta.O quarto,iluminado apenas pela réstia da luz da lua vinda da janela de cortinas entreabertas,era confortável.ELE observou o livro de anatomia jazido em cima de sua escrivaninha,aberto em uma página desgastada e amarelada pelo tempo.A ilustração que se mostrava,O Homem Vitruviano,de Leonardo Da Vinci,um dos primeiros a estudar o corpo humano,se tornara a mais consultada daquela obra,pois deixava que o criminoso estudasse com perfeição a natureza de seus crimes.
 
  Na primeira vez,ELE só havia necessitado dos conhecimentos básicos de corte.A moça não conseguira nem ao menos gritar,antes que sete estocadas perfurassem seus pulmões.A segunda "caça" não havia notado o vulto de negro se aproximar,antes de dar o bote.Nas duas ocasiões,a morte foi inevitável.

  Agora,o criminoso amolava maquinalmente a longa adaga responsável  pelos crimes.Estava planejando matar novamente e não se preocupava em ser pego.As pistas que ELE deixava eram insolúveis,jamais seriam representadas corretamente,nem pelos melhores cérebros da Europa.

  O assassino,após guardar a lâmina na bainha,junto a roupa,saiu correndo loucamente porta afora.Logo,já havia ganhado distância de sua casa.
Bruno de Oliveira
Enviado por Bruno de Oliveira em 14/09/2007
Reeditado em 14/09/2007
Código do texto: T651636
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno de Oliveira
Batatais - São Paulo - Brasil, 24 anos
4 textos (662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:49)