Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta do cordel

Poeta do cordel

"Um dos grandes autores da literatura de cordel, além de ser também um dos poetas mais respeitados do país, Patativa do Assaré era um homem inteligente, divertido e companheiro. Um poeta que punha paixão em tudo o que fazia -dos desafios dos cantadores às pelejas, das denúncias de injustiças sociais às histórias pitorescas da vida sertaneja. Em um de seus poemas, ele fala da paixão de ser poeta: "Ser poeta é ter paixão / E sentir da dor o espinho / Ter tudo no coração / E viver sempre sozinho (...)/ Segue o tempo o seu caminho / Um dia vai e outro vem / Roubando assim de pouquinho / A beleza de meu bem / Acho melhor ser amado / Sem possuir um vintém / Do que ser muito abastado / Sem ninguém me querer bem". A partida de Patativa deixa de luto o norte, o sul, o leste e oeste do nosso Brasil. Mas a sua alegria, o seu testemunho de vida, as suas poesias bem-humoradas e a sua paixão pelo Nordeste vão sempre nos inspirar em todos esses caminhos pelos quais segue o tempo: um dia vai e outro vem."
Adriano da Silva Ribeiro (Contagem, MG)

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1007200211.htm
Adriano Ribeiro
Enviado por Adriano Ribeiro em 24/02/2006
Código do texto: T115713
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adriano Ribeiro
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
22 textos (38851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:32)
Adriano Ribeiro