Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Saga da Doença(câncer)



Atingiu-me como raio
Doença vil sorrateira
Câncer-Neoplasia maligna
Fincou no corpo bandeira
Cantou enormes vitórias
Tinha certeza das glórias
Doença má urdideira

Vidas são cedo ceifadas
De maneira traiçoeira
Não vê sexo nem idade
Dizima pela canseira
O corpo sem resistência
É vítima em penitência
Lutando como guerreira

Várias são as pesquisas
Prá parar a trajetória
Podando os alimentos
Que a carregam à vitória
Cercando a vilã maldita
Envenenando a desdita
Matá-la sem rogatória

Começa voraz suplício
Quando se descobre o mal
Primeiro o atordoamento
Depois vem o hospital
O tratamento é cruel
Tão amargo feito fel
Mutilação anormal

Cinco anos de espera
Medicamentos caros
Saúde Pública inútil
Não tem remédios raros
E as filas de gente pobre,
Sofredora e muito nobre
Esperam milagres claros

Se estou curada, não sei
Meu corpo parece são
Embora ela possa voltar
Terapia e muita oração
Levo a vida adiante
Sempre muito confiante
A espera de um clarão

PS- Na foto, já os sinais da queda de cabelo, na segunda quimioterapia.


Malubarni
Enviado por Malubarni em 05/05/2006
Código do texto: T150660

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118434 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:36)
Malubarni