Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMA VAZIA

  Numa cama vazia
  como meu coração
  vi chegar luz do dia
  envolto da solidão,
  companheira tão fria
  como olhar dum vilão
  ela me aniquila,
  me enraiza no chão.

 E esse chão que me prende
 é infértil e êrmo,um sertão
 onde séco e vegeto infêrmo.

 Nessa cama padeço,me esqueço
 do mundo e nao mais adormeço
 o sono dos que amam em profundo.

 E nada me vem no silêncio quando
 dela me tomo,antes
 um leito de apego,hoje
 apenas de sonhos.

 E assim nessa cama me entrego
 posto que sofro,
 esmago meu ego a contragosto.
 
 Desejo adiante nesse aposento,
 mais que um móvel,
 mais sentimento.
Ezequiel
Enviado por Ezequiel em 14/06/2006
Reeditado em 14/06/2006
Código do texto: T175340
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ezequiel
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 38 anos
21 textos (1157 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:31)