Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARIANO SUASSUNA: O MESTRE DA LITERATURA NORDESTINA

ESTE CORDEL FOI FEITO PARA HOMENAGEAR O GRANDE MESTRE DA CULTURA NORDESTINA, ARIANO SUASSUNA, QUE NO 13 DE AGOSTO DE 2010, ESTEVE EM CUPIRA-PE, MINHA CIDADE, COM SUA AULA-ESPETÁCULO. UM ABRAÇÃO A TODOS QUE VISITAREM ESTÁ PÁGINA!

ARIANO SUASSUNA: O MESTRE DA CULTURA NORDESTINA

Este cordel vai falar
Do Senhor Armorial
Ariano Suassuna
Um artista sem igual
Sua vida, sua história
Seus causos e sua glória
De fama internacional.

Ariano Suassuna
Grande escritor do Brasil
Dramaturgo e poeta
Homem de encantos mil
Por Jesus, abençoado
Por todos, admirado
Seja velho ou juvenil.

Na Academia de Letras
É o sexto ocupante
Da Cadeira 32
Suas obras são marcantes
Em 3 de agosto eleito
Em 89 aceito
Como um escritor brilhante.

-01-


Nasceu em João Pessoa
No ano de vinte e sete
Lá em 16 de junho
Fato que se fez manchete
O menino então cresceu
E pro mundo apareceu
Esse nosso grande mestre.

É filho de João Urbano
E Rita de Cássia Dantas
É um homem, é um mito
Que a todo Brasil encanta
É expressão popular
Respeitado além-mar
Sua arte nos suplanta.

Em Taperoá viveu
Fez seus primeiros estudos
Viu peças de mamulengos
O menino sabe-tudo
Assistiu a violeiros
E as histórias dos vaqueiros
O formou em dramaturgo.

-02-


O formou em dramaturgo
Das coisas do meu sertão
Peças, poemas, romances
Que respeitam a tradição
Do Nordeste brasileiro
Do homem simples, roceiro
Que transpira emoção.

Já em mil e novecentos
42 foi o ano
Foi estudar no Recife
Ginásio Pernambucano
No Colégio Osvaldo Cruz
Seu destino o conduz
Pra esse centro urbano.

No Recife terminou
Os Estudos Secundários
Atual Ensino Médio
Foi um lutador diário
Pra faculdade ele entrou
Advogado se formou
Tornou-se um literário.

-03-


Suassuna é a lenda
Suassuna é nordestino
Professor, advogado,
Rubro-negro é seu destino
Na arte ele encanta
Dança, escreve, lê e canta
Como se fosse um menino.

As suas principais obras
Abaixo selecionadas
Apaixonaram o Brasil
Foram bastante encenadas
O Romance e a poesia
O teatro do dia-a-dia
Viraram obras amadas.

“Mulher Vestida de Sol”
“Cantam as harpas de Sião”
“Os homens de barro” e
“Torturas do coração”
“Auto de João da Cruz”
Sua arte nos produz
Uma linda encenação.

-04-


Fez “A Pena e a Lei”
“Farsa da boa preguiça”
“A Caseira e a Catarina”
“O rico avarento” e a cobiça
Fez “O Arco Desolado”
Obras de muito agrado
Obras que nos enfeitiça.

“O castigo da soberba”
“Casamento suspeitoso”
Também “O Santo e a Porca”
De enredo maravilhoso
“Auto da Compadecida”
Essa santa tão querida
Eita! livro glorioso!

Romancista de primeira
Sua obra nos fascina
É grande representante
Da cultura Nordestina
Do teatro à poesia
Tudo faz com maestria
Sua arte é genuína.

-05-


No romance se destacam
“A História de amor
de Fernando e Isaura”
Obra de grande valor
“Romance d’A Pedra do Reino”
Esse livro foi um treino
Desse grande criador.

Na poesia é destaque
“O pasto incendiado”
“Sonetos com mote alheio”
“Ode”, livro respeitado
“Os Sonetos de Albano”
E para o grande Ariano
“Poemas” é livro amado.

Ariano Suassuna
Feito a métrica do cordel
No nome tem sete sílabas
É um grande menestrel
Da cultura brasileira
Ele é grande bandeira
É o nosso bacharel.

-06-


No ano 2002,
Foi tema de um enredo
Escola Império Serrano
Mostra um tema sem medo
Onde a arte se empedra
“O Imperador da Pedra
do Reino” e seu segredo.

No ano 2008,
novamente foi o tema
da escola Mancha Verde
com o tema em dilema
“Nordeste dos mil sabores”
Onde todos seus leitores
Curtiram os seus poemas.

Tem vários livros escritos
No velho e bom Português
Outros livros traduzidos
Pro inglês e o holandês
Pro francês, italiano
Espanhol e coreano
Alemão e polonês.

-07-


Tua vinda é esperada
Aqui em nossa Cupira
Onde o povo te saúda
Onde o povo te admira
Para a qual tua doçura
Traz alegria e cultura
Que ao cupirense inspira.

Sua vida, sua obra
Tem um tom bem genial
Criou na nossa cultura
O Movimento Armorial
Na cultura nordestina
Sua arte nos ensina
Ariano é imortal.

Sua arte nos fascina
Sua obra nos constrói
Ariano diz bem alto
Que a injustiça dói
Suassuna é arueira
Ariano é a madeira
De lei que cupim não rói.

-08-
Carlinhos Cordel
Enviado por Carlinhos Cordel em 13/08/2010
Reeditado em 26/07/2014
Código do texto: T2435047
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlinhos Cordel
Cupira - Pernambuco - Brasil
205 textos (85883 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/11/14 15:19)
Carlinhos Cordel



Rádio Poética