Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAVAR POÇO ARTESIANO E FAZER IRRIGAÇÃO

EU HERDEI UMA TERRINHA
QUE ERA SECA DEMAIS
E ALGUM TEMPO JÁ FAZ
QUE ELA ESTÁ BEM MOLHADINHA
FOI QUE UMA BELA TARDINHA
COM O SOL JÁ SE RETIRANDO
FIQUEI ALI MATUTANDO
E ENCONTREI A SOLUÇÃO
CAVAR POÇO ARTESIANO
E FAZER IRRIGAÇÃO

MAR MININO,DEU CERTINHO!
FOI ÁGUA PRA TODO LADO
PRA PLANTAR, PRA DAR AO GADO
E DEU ATÉ PRO VIZINHO
QUE POR MIM SENTE CARINHO
E SEMPRE TA ME AJUDANDO
E EU TÔ SEMPRE LHE FALANDO
QUE É A MELHOR OPÇÃO
CAVAR POÇO ARTESIANO
E FAZER IRRIGAÇÃO

AI EU TODO ANIMADO
FUI, TIREI FOTOGRAFIA
MANDEI CÓPIA PRO SENADO
QUANDO FOI COM POUCOS DIAS
QUE MANDEI A SUGESTÃO
PARA QUE ELES FIZESSEM
ISSO EM TODO SERTÃO
LIGARAM PRA MIM FALANDO
FEIXE O POÇO ARTESIANO
E ACABE A IRRIGAÇÃO

E AINDA CONTINUOU
INTIMIDANDO A MIM
"VOCÊ PENSA QUE É ASSIM
QUE SE RESOLVE A QUESTÃO?"
VOCÊ QUER IR PRA PRISÃO
VOU LOGO LHE ALERTANDO
ÁGUA, VOCÊ TA ROUBANDO
DO SUBSOLO SEM PERMISSÃO
TAPE O POÇO ARTESIANO
E ACABE A IRRIGAÇÃO!

QUASE NÃO ACREDITEI
VIERAM PESSOALMENTE
A MANDO DO PRESIDENTE
PRA ME ENQUADRAR NUMA LEI
DIZENDO QUE EU ROUBEI
ÁGUA QUE ERA DA NAÇÃO
LACRARAM O POÇO E ENTÃO
TIRARAM O MOTOR DO CANO
SEM O POÇO ARTESIANO
FIQUEI SEM IRRIGAÇÃO

A PLANTAÇÃO SE ACABOU
O GADO EU VENDI TUDINHO
O POBRE DO MEU VIZINHO
COM AQUELA SENA CHOROU
UM CARRO PIPA CHEGOU
FOI GENTE SE AMONTOANDO
COM AS LATAS CARREGANDO
SOFRENDO HUMILHAÇÃO
E EU SEM POÇO ARTESIANO
E SEM MINHA IRRIGAÇÃO

É A INDÚSTRIA DA POBREZA
E DA SECA QUE CRIARAM
COM ISSO JÁ ENRRICARAM
E PRA ELES É UMA BELEZA
MAS EU DIGO COM CERTEZA
QUE ISSO É UMA ESCULHAMBAÇÃO
MULHER COM LATA NA MÃO
UM CARRO PIPA ESPERANDO
E EU DIGO E NÃO ME ENGANO
QUE A SAÍDA PRO SERTÃO
É CAVAR POÇO ARTESIANO
E FAZER IRRIGAÇÃO


PRO GOVERNO NÃO INTERESSA
CAVAR POÇOS NO SERTÃO
NEM FAZER IRRIGAÇÃO
NOS ENGANAM COM PROMESSA
SÓ QUE O POVO TA COM PRESSA
PRA SAIR DA SEQUIDÃO
TIRAR DAS COSTAS O GALÃO
E A SOLUÇÃO ESTOU DANDO
CAVAR POÇO ARTESIANO
E FAZER IRRIGAÇÃO


























Aristóteles Lima
Enviado por Aristóteles Lima em 10/07/2011
Código do texto: T3085969
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aristóteles Lima
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 45 anos
144 textos (10721 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/14 04:40)
Aristóteles Lima



Rádio Poética