CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

O USO DA CRASE

A crase é simplesmente
De dois as a união
Um a que é um artigo
Mais um a preposição:
Rozenval nao foi à missa,
Mas vai à reunão.

Não se usa crase antes
De palavra masculina:
"Rogéio veio a cavalo",
"Chegou à pé Janaína" -
Há crase, via de regra,
Com palavra feminina.

Contudo nossa gramática
Está cheia de exceção
E sempre dá um jeitinho
De ninguém ficar na mão:
A crese com masculino?
Vire a página, bom irmão.!

Com palavra masculina
A crase se pode usar
Toda vez que ela, a crase,
À moda de detonar:
"O cabelo à Ronaldinho
Nenem gosta de cortar".

POssessivo feminino
"Sua, nossa, tua,minha..."
Faculta o uso da crase:
"Vou já à minha casinha",
"Obedeça a sua mãe",
"Irei à tua festinha".

Também pode existir crase
Com aquilo, aquele, aquela:
"REnata se referiu
Àquilo que disse Estela",
"Zefa gosta de assistir
Somente àquela novela".

Há muita gente que pensa
Que basta a preposição
Para o a ser craseado,
Mas não é bem assim não:
Preposição mais artigo -
Crase só nessa união.

Nos exemplos a seguir,
Temos preposição a:
"Eu me refiro à Mateus",
"Estou a trabalhar" -
Com artigo aqui nao cabe,
Portanto, crase não há!

A crase antes do verbo
Não há como colocar:
Verbo nao aceita artigo
"É por isso que nao dá" -
"Com dinheiro a receber,
Tenho contas a pagar".

(Aqui eu faço parênteses
Para uma observação:
quando o verbo aceita artigo
Já não é verbo mais não,
Passa a ser substantivo -
"O viver é ilusão").

Isso porque a palavra
Que do artigo vém à frente
Se torna substantivo
(Isso automaticamente):
"O três é número de sorte",
"O belo é sempre atraente".

O a artigo da crase
Estando no singular
Com a palavra no plural
Não há como concordar:
"Eu vou a lojas no centro"
Não há como crasear.

                                  Autor: Zé de Fátima
Co-autores:
Aracélia
Leandra
Cláudia
Vaniziana
Lilian

(Obs.: Esse foi um trabalho apresentado por professores de EJA do Curso de Formação Continuada em Lingua Portuguesa, no municipio de Itarema, no encerramento do mesmo).






Auberione Marques
Enviado por Auberione Marques em 15/12/2006
Código do texto: T318939

Comentários

Sobre o autor
Auberione Marques
Itarema - Ceará - Brasil, 42 anos
3 textos (12376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/14 06:40)