Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A POESIA DE VOLTA PRA CASA

A Poesia deixou minha casa
Foi-se brava porta a fora
Saiu depressa e zangada
Dizendo já vou embora
Vou cantar novas canções
Encantar mil corações
Que esperam por mim agora

Ela que morou comigo
Que foi minha companheira
Em noites de grande alegria
Sempre bela e faceira
Quis trilhar novos caminhos
Quis sentir outros carinhos
Viver de outra maneira.

Foi um baque para mim
Suportar tanta maldade
Com esta separação
Quase morro de saudade
Mas segurei esta barra
Com toda força e garra
Que guardo no coração.

Soube por outras pessoas
Os lugares que ela visitou
Transpôs rios e florestas
Até oceanos cruzou
Morou em várias cidades
Com gente de toda idade
Levando a vida em festas

Fez de tudo que queria
Amou e se fez amada
Abusou da imaginação
Como uma diva inspirada
Teve príncipes encantados
Cavaleiros e soldados
Morando em seu coração.

Agora diz quer voltar
Quer reatar a parceria
Que um dia abandonou
E me enche de alegria
Pois amo sua presença
E volta com minha licença
Pro lugar que ocupou

Mas como é de costume
Com gente de altivez
Sei que um dia qualquer
Que acabar a Inspiração
Ela faz o que fez agora
E se manda porta fora
Pra retornar outra vez.







HAMILTON SANTOS
Enviado por HAMILTON SANTOS em 25/10/2007
Reeditado em 04/08/2009
Código do texto: T709772
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HAMILTON SANTOS
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
283 textos (25777 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 04:15)
HAMILTON SANTOS