Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cordel de Aprendiz.


Seja do norte ou do sul,
Quem pro cordel leva jeito
faz do seu verso a razão,
Quem é bom já nasce feito,
Sem ter diploma ou lição,
É cantor do coração,
Que sai de dentro do peito....

No sul, o sopro dos pampas,
Vem a galope, ligeiro,
Trazendo o frio minuano,
Gelando todo o terreiro,
E o repentista que canta,
Ao som da gaita que encanta,
Neguinho do pastoreio....

No Norte, lá de Belém,
Ás margens do rio Pará,
O cantador também canta,
Toda riqueza que dá,
Além do culto e da fé
No círio de Nazaré,
Melhor encanto não há....

Finalizando estas linhas,
No meu sudeste paulista,
Eu canto a Santos pioneira,
No orgulho de ser santista
Da terra da Caridade,
Do berço da Liberdade
Que do oceano se avista.
 
E agradecendo a honraria,
De ter meu canto escutado,
Preciso me despedir,
Deste repente cansado,
Na terra de Martins Fontes,
Da Virgem Santa do monte,
Deste solo abençoado...



EMILIO CARLOS ALVES
Enviado por EMILIO CARLOS ALVES em 17/11/2005
Código do texto: T72637
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMILIO CARLOS ALVES
Santos - São Paulo - Brasil, 69 anos
167 textos (52272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:08)
EMILIO CARLOS ALVES