Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E TOME BEIJO! - cordel

E TOME BEIJO!
Lílian Maial


O bom amigo Domingos
em seu beijar domingueiro
saiu babado e aos pingos
jeito de cabra faceiro
falando tudo de beijo
só num falou do desejo
de beijar o mundo inteiro.

Beijar é coisa do Demo
também é coisa de Deus
se o beijo é bom, eu não temo
dizer no beijo um adeus
mas se a coisa é abençoada
se essa boca é bem danada
a quero nos lábios meus.

Um bom beijo não dispenso
que é coisa boa e bem rara
que me faz um bem imenso
de iluminar minha cara
mas se o beijo é inocente
eu torno ele bem quente
e o meu coração dispara.

Beijo bom é beijo longo
daqueles bem demorado
que faz um enorme rombo
na boca do namorado
e deixa o cabra arretado
de papagaio empinado
e roxo de envergonhado.

O melhor beijo de todos
é beijar filho que chega
não é que eu dispense os outros
mas eu sou meio manteiga
agarrada à minha cria
cada beijo me alivia
e o abraço me aconchega.

Beijar amigo é gostoso
só Deus sabe como é bão
é um beijo mei meloso
com cuidado e sem batom
pra não causar a pendenga
em casa, com dona encrenca
vamo arquivá o tesão.

Já falei muito de beijo
gostei do tema do amigo
de falá de coisa boa
sem dar trela pro inimigo
então vamo matutá
depois de tanto beijá
que tal um cordé de umbigo?


**************

PS: Se alguém quiser arriscar um cordel de umbigo, vamos nessa!
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 29/11/2005
Código do texto: T78670

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248657 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:58)
Lílian Maial

Site do Escritor