Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As muié e a lua

Nos cafundó dessi mundão
nóis via istrela briá nu céu
as nuve nem cunsiguia incubri
pruque de tanto brio
crariava inté o rio.

Nossa lua toda aprumosa
sortava lá um grandi surriso
dá vorta em mei as fasi
tudinha linda i vaidosa
inté paricia uma dama formosa.

Os cabocro aqui dibaxu
só ficava de zóio nela
as moça virge aperreada
inté raspano a panela
havia de arrumá marido
nas noiti inluarada.

Dia desses uma delas
lá suzinha no discampadu
brigano ca dona lua;
xingava a pobre cuitada
que lá di cima nada fazia;
dexava só os homi incantadu.

E a moça cá embaixu zunia
praguejano a lua cheia
sortava fogo pelas venta
e dizia: - Ah danada lua
vai imbora pro otro lado
porque adispois que tu atiça
os homi fica tudo tarado.

Lua é pra pueta iscreve
os causo mar resorvido...
As muié é pra cardo fervê
e casá pra tê um marido.

Eitaaaaaaaaaaaa....
Anna Müller
Enviado por Anna Müller em 02/12/2005
Código do texto: T79865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Müller
Boa Vista - Roraima - Brasil, 52 anos
89 textos (4243 leituras)
11 áudios (4397 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:56)
Anna Müller