Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Final da "briga" entre Lili Maial e Cacal >>>>> trem bão!!!

Lili Maial e Cacal >>>> e o trem pegou fogo, mas chegou na estação inteirim!



Pra duelar em poesia
a peixeira é meu talher
Não apanho de ninguém
e bato em quem eu quiser
Mas com todo meu talento
só não bato é em mulher

Cacal - 10/11/2005

***********

como diz o véi ditado
não se bate nem cum flô
a muié vence o coitado
é nas contenda de amô
seja em pé, seja deitado
é meió ser matadô...

Lili Maial (gostano dessa bataia) - 10/11/2005

************

Se a mulher vence o coitado
é tão bom ser o vencido
seja amigo ou namorado
seja noivo ou marido
se levar surra de amor
ainda fica agradecido!

Cacal - 11/11/2005

*************

Vai deixá pra agradecê
adispois que terminá
se fizé por merecê
num carece apavorá
mas se é tudo conversê
a cabeça vai rolá...

Lili Maial - 11/11/2005

***************

Não é conversa fiada
colega Lili Maial
essa peleja do amor
é bem mais que virtual
e vai terminar em paz
se depender de Cacal

Cacal - 11/11/2005

***************

Os duelo no cordé
apesar de sê na paz
só têm graça se tivé
uns queixume contumaz
então pego no teu pé
qui é procê me pegá mais.

Lili Maial - 11/11/2005

***************

Se é pra falar de queixume
você veio preparada
Na arte de reclamar
a mulher é diplomada
Mas o homem é feliz
nunca se queixa de nada

Cacal - 13/11/2005

*****************


Não se queixa é uma ova
homi vévi se queixano
se tem véia, qué a nova
se num tem, tá madurando
tá quereno fazê trova
mas, no fundo, reclamano

Lili Maial - 14/11/2005

****************

É a mulher que reclama
que não tem corpo perfeito
Quando se olha no espelho
somente enxerga defeito
O homem com sua forma
está sempre satisfeito

Cacal - 16/11/2005

****************

É o homem quem comanda
(que a mulher não se confunda)
o jeito que a gente anda
se é zarolha ou se é corcunda
e todos, sem exceção,
só querem saber da bunda

Lili Maial - 17/11/2005

********************

Eu já vou dar pra você
uma resposta certeira
Ninguém pode tomar banho
se não tiver a banheira
Mas pra mulher só importa
o dinheiro na carteira


Cacal - 18/11/2005

********************


Deixa vê se eu intendi
essa história de banheira:
pra dum banho se serví,
tem que tê boa mangueira...
Quanto àquele metar vir,
cês põem na própria torneira!

Lili Maial - 19/11/2005

**********************

Na sua própria torneira
não conheço quem empregue
Nas pradarias do amor
tanto faz pônei ou jegue
É a mulher que investe
quando compra o airbag

Cacal - 21/11/2005

********************


Pois falano de "erbégui"
chegamo no ponto forte
que o diabo me carregue
- que os homi é bicho de sorte -
mas vai que o véi num pegue
compra um novo carro esporte

Lili Maial 21/11/2005

**********************

Essa de comprar um carro
é mulher quem determina
Quando ela está na rua
atende a qualquer buzina
E por isso é que se diz
que são todas gasolina

Cacal - 22/11/2005

**********************

Que mardade, meu cumpádi
ocê bem jogou o anzol
mas sereia de verdade
não dá bola pra farol
e ocês tudo (sacanáge)
só vê carro e futebol

Lili Maial - 22/11/05

**********************


Pois falando em futebol
a insensatez ressalto
O homem usa chuteira
que tem adequado salto
e a mulher pra trabalhar
usa o sapato mais alto!

Cacal - 23/11/05

***********************

Pra muié, é um adereço
que ela usa com prazê.
Já os homi que conheço
usa barba pra iscondê.
Os defeito fei do beiço,
se é nas perna dá pra vê.

Lili Maial - 23/11/05

***********************


A mulher pinta o cabelo
Também faz lipo e drenagem
Ela esconde os seus defeitos
quando faz a maquilagem
até ninguém mais saber
qual a sua antiga imagem

Cacal - 24/11/2005

************************


Nisso inté que ocê tá certo
uso tudo isso e me gabo
só que os homi é mais esperto
cobra da gente um dobrado
e se zoiá bem de perto
têm inté parte c'o diabo!

Lili Maial - 24/11/2005

*****************************


O problema é a mulher
que não enxerga direito
Quando olha para o homem
se tem virtude é suspeito
se tem amor é fingido
se tem charme é sem efeito...

Cacal - 29/11/2005


******************************

se ela enxerga ou se tá cega
num chega a sê um defeito
se é pra vê o que tu néga
é mió num vê direito
se eu achá batom na cueca
só em braille tu tá feito...

Lili Maial - 29/11/2005


*******************************

O homem tem que ser visto
sem qualquer deformação
Mas a mulher não consegue
porque a sua visão
não está em harmonia
com o próprio coração

Cacal - 30/11/2005


*******************************

vosmicê tá apelano
pra justificá os erro
num lê o que eu tô falano
num intende o que eu escrevo
o bonde já tá passano
e nóis aqui no desterro

Lili Maial - 01/12/2005


*********************



A falta de entendimento
é por causa da mulher
que tem atenção do homem
na hora que ela quer
mas não sabe expressar
uma idéia sequer

Cacal - 02/12/2005

**********************

Opa, opa, meu amigo,
mexeu em casa de abelha.
Ocê num sabe o perigo
de ateá fogo em centelha.
Vô te botá de castigo,
pras idéia dá na telha...

Lili Maial - 02/12/2005

*******************


Tá na hora de acabar
esse nosso mal-me-quer
Na mentira dos poetas
acredite quem quiser
A verdade é que o homem
não vive sem a mulher !

Cacal - 06/12/2005


*******************

Muito bem disse o colega,
que num fala por desdém,
pois foi duro nesse pega,
e num deixô pra ninguém,
se pros verso ela se entrega,
sem homi num vive tamém.

Lili Maial - 07/12/2005


E aqui damos por encerrada essa deliciosa manifestação popular de desafio. Foi um imenso prazer participar dessa "batalha" de versos com o mais novo amigo Cacal. Parabéns e sempre que quiser "duelar", é só me chamar.
Grande abraço,
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 07/12/2005
Código do texto: T82219

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248680 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:55)
Lílian Maial

Site do Escritor