Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ARTE DA PERDA

Perder é ruim.
Ninguém aceita com naturalidade, mas a aceitação tem que existir. Quando perdemos passamos a enxergar um outro lado da vida, geralmente começamos a ver as pessoas que tem bem menos do que almejamos conquistar. Às vezes nos traz conforto pensar que existem pessoas que nunca chegariam a ter a oportunidade que perdemos.
É uma crueldade pensar isso, mas é verdade. Ninguém gosta de admitir esse tipo de coisa, mas quem nunca pensou assim?
A vida sempre será injusta. Porque eu? Porque isso tinha que acontecer comigo?
Na verdade, só perdemos o que possuímos mas, as oportunidades são consideradas posses, e também aquilo que poderíamos conquistar quando perdemos aquela oportunidade. Ficamos imaginando tudo que poderíamos ter, imaginando como seria se isso tivesse acontecido.
Mas essa pequena palavra “se” tem proporções gigantescas nessa hora. Na hora da perda o “se” recai sobre nossas cabeças com um peso que pensamos não poder agüentar.
Nesses momentos lembro de minha mãe, ela dizia que Deus nunca nos dá uma cruz maior do que podemos carregar...  sábias palavras, mas então penso:
Deus me acha forte paca às vezes sabe...


Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira
Enviado por Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira em 25/01/2006
Reeditado em 05/06/2009
Código do texto: T103780

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira
Cruzeiro do Sul - Acre - Brasil, 37 anos
16 textos (1060 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:09)
Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira