Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                               Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral




O erotismo de Oswald de Andrade. Talento puro. Tudo ali, condensadinho - humor, irreverência, muito lirismo e amor....grande Oswald ! Pau brasil até os ossos, odiava ser chamado de Oswald, dizia que seu nome era OsvaldO, mesmo. Se eu não lesse esse poema, ainda garota, morreria sem saber o que quer dizer essa palavra estranha: "onanista". 
Aqui deixo minha homenagem ao delicioso lirismo erótico na pena de Oswald de Andrade.



"Eu fui o maior onanista de meu tempo
Todas as mulheres
Dormiram em minha cama
Principalmente cozinheira
E cançonetista inglesa
Hoje cresci
As mulheres fugiram
Mas tu vieste
Trazendo-me todas no teu corpo"





Ana Valéria Sessa
Enviado por Ana Valéria Sessa em 08/02/2006
Reeditado em 15/01/2011
Código do texto: T109607

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Valéria Sessa
São Paulo - São Paulo - Brasil
113 textos (114611 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:35)
Ana Valéria Sessa