Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nós nos acostumamos

Nós nos acostumamos facilmente com o nosso dia-a-dia, nos acostumamos com tudo, nos acostumamos com a mesmice, com o tédio, com a vida do jeito que ela é, mas não devíamos.

Nós nos acostumamos com um trabalho corriqueiro e muitas vezes, sem desafio algum, nos acostumamos com a rotina diária de nos levantarmos todos os dias, darmos bom dia aos nossos ou não, trabalharmos, pois, segundo dizem "o trabalho dignifica o homem", acostumamos a chegar em horários determinados e também, sair em horários determinados, a fazer o que nos cabe fazer em nossas vidas, cada um no seu íntimo, cada um com sua  responsabilidade, cada um com sua solidão ou alegria e as vezes, com felicidade de viver dessa forma todos os dias,sem que isso nos incomode, talvez por que seja suficiente, ou talvez, porque já estamos tão cegos de estarmos tão acostumados.

Mas, de fato isso deveria nos incomodar. Não deveríamos nos acostumar com a mesmice das coisas, porque a vida é muito mais que isso. Existem muito mais possibilidades a nossa frente, basta buscarmos que ela estará lá nos aguardando para ser desbravada.

Nós nos acostumamos, e somente nós, somos culpados por isso. Acostumamos a viver uma vida mesquinha e medíocre, com algumas pessoas que muitas vezes não tem nada a nos acrescentar, mas aceitamos isso, nos acostumamos com a situação. Ou somos, automaticamente, com a nossa facilidade de se acostumar com tudo e todos, condicionados a sermos assim. É patético, afinal somos seres pensantes e nos acostumamos tão fácil com qualquer coisa que nos aparecem pela frente, sem questionar, sem vivenciar, simplesmente, nos acostumar.

Deixemos de ser apenas um telespectador de nossas próprias vidas e passemos a vivenciá-las como seres ativos da mesma, e não somente passivos que se "acostumam" sem reagirem, afinal, ninguém veio aqui nesse mundinho de Deus, a passeio, para ver a banda passar, e claro "só se acostumar".

Ana Paula de Mendonça Braga.
09/02/06
Ana Paula M Braga
Enviado por Ana Paula M Braga em 10/02/2006
Código do texto: T110087

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Paula M. Braga). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Paula M Braga
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 36 anos
4 textos (1229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:36)
Ana Paula M Braga