Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Evolução


Enfim, chega de férias...
Como eu esperava as minhas férias foram um tédio!!! Por que será que os ex´s namorados ficam tão lindos e arrumam namoradas tão feias??? Evoluem com a nossa convivência?
Pelo menos eu descansei.
Mas agora, não sei o que será dessas aulas. Segundo ano de medicina.
Nunca imaginei e dificilmente alguém irá assumir que na verdade, não se trata de uma sala harmoniosa, com grandes amigos. Pode até ter alguns grandes amigos, mas é um campo de guerra disfarçado de branco e muito gelado pelo ar-condicionado às vezes. Deve haver alguma química naquele ar. Qualquer coisa que vicie, eles simplesmente não vivem mais sem aquele ar!
Há uma competição tão desumana, que eu nunca poderia ter imaginado! Eles não respeitam o próximo, nunca!! É claro que eu não estou generalizando, falo daquela maioria - sim se trata da maioria, qualquer coisa entre oitenta e noventa por cento – arrogante, que deixou o fato de estar estudando medicina subir à cabeça. O pior é você acreditar que todos lidarão com o público pobre. É por isso que a gente imagina a dificuldade que a população que usa o SUS têm.
Sim, essa é uma crítica, ao abuso que todos os médicos arrogantes praticam. E são muitos. Apenas eu, aluna bolsista, e mais três alunos, já utilizaram serviços do SUS! Como eles podem mudar alguma coisa, estando tão de longe da realidade! E eles não querem conhecer. Apenas criticam como a população é ignorante e como vão sofrer para salvá-los. Como posso dizer? Será que alguém consegue elogiar o serviço de saúde no nosso país? Não dá nem para fazer piada.
Existem sim, muitos médicos ótimos, falo como pessoa não como profissional, mas eu tenho medo de como muitos ali, naquela sala, não vão mudar. Acreditam que todos devem um favor a eles. Porque afinal eles sacrificam as suas vidas para poder salvar a dos outros. Mas não há diálogo, porque acham que não pode haver discussão entre médico e paciente para escolha do melhor tratamento. “Um roceiro não tem capacidade de saber.” “Se você não der uma receita, ou pedir um exame, não é bom médico!”
Nós temos aulas que nos fazem tentar entender como deve realmente ser, professores que amam atender o público e explicam como uma boa conversa pode curar.
Espero, sinceramente que funcione, porque é péssimo olhar para um profissional que se sente melhor do que você, dizer que você está cansado, estressado, mas nem olhar em seus olhos, não perguntar da história da sua doença, não medir sua pressão e não te incentivar a procurar um tratamento específico. Eu já me senti uma ameba muitas vezes, e eles culpam a população!
Porém eu penso, não se trata só de nós, médicos, querer mudar isso, somos peças fundamentais, mas como mudar isso em um país onde temos um tempo limite para atender os pacientes, tão curto quanto impossível, e os pacientes têm um grau de conhecimento tão deficiente quanto nosso sistema de ensino é outra piada, para não usar palavras agressivas.
Enfim, parece que toda minha crise existencial do fim da adolescência se resume em problemas políticos. Será que existe a sociedade perfeita??? Eu, acredito na evolução!
Jule Santos
Enviado por Jule Santos em 11/02/2006
Código do texto: T110490
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jule Santos
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 29 anos
234 textos (13253 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:38)
Jule Santos