Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nova era


 
 
E a árvore havia crescido. Seu tronco erguia-se quase até tocar o céu. As cascas duras e apodrecidas caíram-lhe aos pés. Delas servira-se para crescer. Delas se alimentaria para florescer. De seus galhos, em chuva de folhas, deslizavam parasitas em flor. Belas flores! Frondosa, oferecia sombra e paz. Do alto, cantavam passarinhos, hóspedes perenes de seu paciente amor. As borboletas voejavam aqui e ali, por entre suas entranhas, tão estranhas.
Abraçada, à ela, compreendi: era o momento e tudo haveria de ser. Bastava, como ela, deixar acontecer.
 
Linda Maria
Enviado por Linda Maria em 13/04/2005
Código do texto: T11163
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Linda Maria
Piratininga - São Paulo - Brasil, 66 anos
9 textos (640 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:51)
Linda Maria