Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INVERNO / PRIMAVERA

Evaldo da Veiga

Hoje, dia 14/04, 
quantos faltam para chegar a Primavera?
Daqui mais pouquinho chega, não adianta apressar.
Não há como apressar, não tente, não dá...

Apressar o tempo é não viver o agora,
é não viver o depois, em sendo assim, 
me deixe perguntar :
quando a Primavera chegar o que faremos?

No dia 21, 22, ou 23 de setembro? 

Por que a Primavera tem um dia certo pra chegar?

Essa eu sei, precisamos de data pra comemorar!
Linda invenção, essa de datar.
Por preço também, temos que saber
se podemos pagar.

Qual a tua data preferida?

Da Dona Filhinha, uma Senhora que conheci,
era a data do falecimento do marido.
Pra ela, tudo iniciou mesmo, com o final do falecido.
Linda Dona Filhinha, que ia pela vida bulindo.
Bulindo no baile, bulindo na vida, e bulindo
na tristeza, que era o seu tema.

Tristeza para Dona Filhinha não era dor,
era um enredo de vida que se iniciou quando pode
dizer : - o falecido faz tanta falta, mas foi bom ele ir,
descansa em paz....

Quanto a mim, dizia, Dona Filhinha, vou bulindo...
vou bulindo... preciso viver!
Distraio-me nos bailes e recebo os homens às escondidas,
tudo para a agradar ao falecido.

Baile pra me mostrar alegre, 
não quero preocupar quem já se foi,
e o encontro escondido é pra ele não ficar P da vida.
Tudo pelo falecido.

E a Primavera?
Tá logo ali, pertinho.

Tão pertinho que se o inverno deixasse,
renunciasse a parte do seu tempo e espaço...

Chegaria a Primavera?

NÃO!

Uma fenda se abriria no planeta,
e nos sugaria para sempre.

Vamos bulir, vamos bulindo, vamos viver!


evaldodaveiga@yahoo.com,br

Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 16/02/2006
Reeditado em 14/10/2007
Código do texto: T112438

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:25)
Evaldo da Veiga