Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sofrimento Romântico!

Quem nunca sofreu por amor?! Sim você já sofreu, mas não com tanta intensidade e frequência como nós românticos. O problema todo se concentra no fato de sermos romanticos(dher), a incoerência que a necessidade de ser amado causa em nossos pensamentos nos leva a sofrer por personagens que vivem em nossas imaginações e que em um momento de insanidade mental agúda acreditamos saírem dos nossos sonhos e se materializarem alí bem na nossa frente.
Se você é romantico (leia-se idiota) como eu não deve ter percebido a falta de siso disso tudo então exemplificarei para facilitar a compreensão, o fato acima mensionado se compara a depois de ter assistido Instinto Selvagem descobrir que Sharon Stone é sua vizinha. Percebeu?! Somos demêmtes e do pior tipo. Acredito que o maior erro de Hitler no Holocausto foi ter exterminado judeus, quando os Romanticos é que são de raça inferior!
Chega de autopiedade! Somos demêntes sim! Porém inconstantes, temos nossas recaídas racionais que geralmente acontecem depois de uma noite no escuro escutando Jack Johnson, chorando, procurando a inencontrável posição confortável na cama enquanto o ciúmes de nossa Sharon Stone estrangula nosso pobre coração. No dia seguinte de manhã mesmo sendo o próprio Tom Cavalcante não conseguimos nem imitar uma pessoa normal e ao menor sinal de acolhimento desabafamos tudo com o padeiro que indagou "posso ajudar?" querendo na verdade saber o número de pães que iriamos comprar.
Pouco depois disso tudo ao cruzar com um amigo chegará o tardio e famoso conselho: "coloque os pés no chão" quando já estavamos voando tão alto que nossos pés não alcançam mais o chão e o que nos resta é esperar que o tempo, sim, aquela tartaruga reumática que nos puxa devolta ao mundo real, esconda nossas asas não por maldade mas porque bem na base antes da primeira pena le-se "mantenha longe do alcance dos tontos"...
Enfim é isso. Vou colocar um Jack Johnson, apagar a luz e deitar, porque amanhã cedo tenho um encontro com o padeiro!
Khan
Enviado por Khan em 16/02/2006
Código do texto: T112466
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Khan
Campinas - São Paulo - Brasil, 33 anos
1 textos (76 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:37)
Khan