Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECONSTRUÇÃO

"Somos feitos de carne,
mas temos que viver como se fossemos
feitos de ferro."
* Freud *

Felizmente Freud está errado,
mais uma vez.
Temos que viver exatamente como somos,
com essa sensibilidade às vezes exacerbada,
captando alegria e dor.
O contraste é essencial,
somente ele possibilita distinguir
uma sensação da outra.

Não existisse a guerra não daríamos valor a paz.
Inexistisse a doença não perceberíamos a saúde.
E é o ódio que nos faz amar o amor.

Viver não é fácil,
mas também não é tão difícil assim.
O que facilita o viver é ter uma meta
e ir transpondo obstáculos para atingí-la.

São os obstáculos que dão beleza ao êxito.
Sem eles nem distinguiríamos a
etapa feliz. O final feliz só existe enquanto 
buscamos, em uma busca sem fim.

Houvesse um final feliz,
continuar por quê? Ir pra onde?
Temos que estar atento aos paradoxos,
porque são eles que apresentam os quadros, 
assim com são.
.
Temos que parar de culpar a vida.
Os problemas são nossos, nós é que temos que resolver.
"Ninguém dever fazer por nós, aquilo que podemos
e temos obrigação de fazer".

Façamos a nossa parte, deixando de maltratar a natureza
que é a pior forma de maltratarmos a nós mesmo.
Estamos muito atrasados em estilo de vida,
é somente seremos iniciante
no momento que respeitarmos a natureza.

Em falando de coisas da vida,
vale falar do momento.
O PT é o par-ti-do que traiu a confiança; 
mas se é traidor,vamos esquecê-lo, 
porque lembrá-lo, É sofrer...

Deixemos que ele repouse no mundo dos mortos.
A única coisa razoável é não votar mais no PT e
ficar atento com os partidos da base aliada, 
mas ficar de olho também em todos os partidos,
 todos estão cheios de pecados.

Mas é o PT a bola da vez, ele é muito maldito,
porque se dizia não ser exatamente o que é: Par-ti-do imundo, canalha extremo.

Mas não se pode ignorar que existe gente de valor no Par-ti-do, 
mas são minoria. Se eles conseguirem reerguer sem a presença
do grupo majoritário, tudo bem.

 É difícil, muito difícil, mas pode acontecer. Não esquecendo que Lula é do grupo majoritário, ligado intimamente ao Dirceu, Delúbio, ao cara de Japonês que comanda
as verbas de publicidade nas estatais...

EMBORA LULA NÃO SAIBA DISSO.
EMBORA LULA NÃO SAIBA DE NADA.

Fato espantoso, mas é bom, paradoxalmente.
Assim, agora, sabemos que temos que votar
em quem saiba de alguma coisa,
de preferência, em quem

SAIBA COISAS QUE DÊ PRA GOVERNAR.



evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 16/02/2006
Reeditado em 21/10/2007
Código do texto: T112487

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:22)
Evaldo da Veiga