Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O desabafo de um coração solitário

Na escuridão estou vivendo,
Por falta de amor não correspondido...
E todo carinho que quero transmitir,
Fica no meu peito então escondido!


Meu prazer de demonstrar amor,
De cuidar e me preocupar...
Fica sem sentido quando estou sozinho,
Sem alguém especial para amar.


Minhas ligações não se realizam,
Pois não há número para ligar...
Minhas poesias de amor eterno,
Para quem irei declamar?


Minhas noites de jantares maravilhosos,
Tornaram-se uma grande ilusão...
E viagens para o conservatório,
Ficaram sem motivo desde então!


Minha necessidade de dar amor e carinho,
De ser amado e também de amar...
Tornou-se uma grande incógnita,
Pois não sei se voltará a se realizar!


Meu primeiro grande amor está guardado,
No meu peito a me atormentar...
Foi o único que tive na vida,
Mas na época não sabia como administrar!


Hoje vivo na eterna esperança,
De meu relacionamento tentar salvar...
Mas o sofrimento a cada dia me enfraquece,
Já não sei mais se posso agüentar!


Tento me esconder ás vezes trabalhando,
E também no trabalho não consigo me concentrar...
Tenho sorte de um confiável e responsável amigo,
Que entrego em suas mãos o poder para administrar!


Tento enfrentar o meu dia- dia,
Sem de certos prazeres me abdicar...
Sendo a atual faculdade em que me encontro,
Um bom refugio para me consolar!
 

Sei que na mesma, amigos encontro,
Sempre com um colo amigo para me dar...
Duas amizades são muito sinceras,
E com mesmas poderei sempre contar!


Com a confiança que tenho em Deus,
Dessa fase insuportável irei passar...
E me erguerei como uma forte montanha,
Para na próxima vez não me afundar!


As lágrimas que hoje me banham,
Serão no futuro apenas tristes lembranças...
De momentos e feridas profundas,
Que me machucam e ainda me acanho!


Tenho certeza que no próximo relacionamento,
Os mesmos erros, não deixarei acontecer...
Pois estarei por completo atento,
Para um grande amor então poder viver!




Com o calor que o senhor Deus me aquece,
Vou sobrevivendo sem tentar desanimar...
E todas as vezes que vou a igreja,
Fortaleço-me para então recomeçar!


Com os amigos que conquistei,
Vou me erguendo ao caminhar...
Deixando para trás todas as minhas tristezas,
Para então com as mesmas não me deparar!


Hoje sei que serei vitorioso,
E vencedor desta fase triste irei me tornar...
E com um grande amor em meu caminho,
O senhor Deus irá me abençoar!


Me abençoará por saber que me dedico,
Para a companheira que ao meu lado está...
Dou atenção, sou cúmplice e ouvinte,
Trato-a como uma rainha em pleno altar!


Coloco para dormir com mil beijos e carinho,
E com uma massagem de pretexto, vem a me desejar...
Faço-a sentir em um inexplicável paraíso,
Para então bem juntinhos, as nuvens tocar!


Já sofri, já me senti muito indeciso,
Com certo medo de sozinho ficar...
Acostumei-me com alguém sempre ao lado,
Não agüentaria não ter alguém para amar!


É tão bom viajar e curtir bem juntinhos,
Inventando sempre um motivo para comemorar...
As viagens a dois ficam com um doce gostinho,
De amor inesquecível quando as fotos olhar!


Sinto falta dos teatros e cinemas,
Dos jantares requintados, do perfume no ar...
Do caminhar abraçados sob a luz das estrelas,
E com a noite perfeita, ao amor nos entregar!


Voltarei algum dia á incontáveis teatros,
E viagens internacionais, não irão faltar...
Estarei bem feliz com minha companheira,
E de momentos inesquecíveis, iremos lembrar!


Por enquanto tenho que ser forte,
Para com a minha saúde conseguir restaurar...
Tenho que ter paciência e certo cuidado,
Para o desespero não conseguir me afetar...


A minha saúde agora, com cuidado me dedico,
Para que nenhum outro susto possa me abalar!
Sairei desta fase e estarei por completo erguido,
Não tão destemido, mas com esperança no olhar!


Hoje quando vou a Igreja volto sorrindo,
Pois quando estou com Deus consigo relaxar...
O senhor Deus me ensinou um belo caminho,
Que para cada um de nós a felicidade chegará!


Todo dia o agradeço senhor Deus em meu íntimo,
Por não ter me abandonado e me ensinado a orar...
Agora me recomponho quando converso contigo,
E abençoado por ti conseguirei a paz alcançar!
Sandra Kamil
Enviado por Sandra Kamil em 16/02/2006
Código do texto: T112627
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Kamil
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 40 anos
11 textos (1125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:42)
Sandra Kamil