Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAMÉLIA FLORES
 (Arranjo de Flores)

Evaldo da Veiga

As flores são sempre lindas! E, a mais bela de todas, é aquela que você elege.

Arranjo, pode significar conluio, negociata, mutreta, mas quando se trata de flores, é uma obra de arte.

Arranjo de flores é uma coleção de beleza que está bem presente em minha lembrança, pelo convívio que tive com eles no meu tempo de menino.

Aos doze anos trabalhei no Banco de Crédito da Capital, sediado no centro da cidade do Rio de Janeiro, na Av. Rio Branco, 120, com entrada e saída também pela Rua Gonçalves Dias, através de uma imensa galeria com lojas requintadas.

Dez metros à esquerda, saindo pela Rua Gonçalves Dias, ainda permanece a centenária e linda Confeitaria Colombo, onde na época se reunia artista, intelectuais, senhoras granfinas, inclusive os membros da Academia Brasileira de Letras. Creio que permanece sendo a loja mais linda do país. Seu espaço nos dois andares é em torno de mil e quinhentos metros quadrados existindo um imenso vão livre entre eles, de tal forma, que do andar de baixo se podia ver e ouvir a orquestra que tocava a partir das 12 horas, durante todas as horas do dia.

Um ambiente com decoração artística impecável: espelhos belga, móveis importados e todos finamente trabalhados. Os dois andares equivalem em altura a cinco andares de prédio convencional. Deveria estar no roteiro turístico do Rio. Creio que não esteja porque é uma parte da cidade atualmente muito movimentada e não tem estacionamento próximo.

Mas, saindo do imenso edifício onde na sobreloja existia o Banco onde eu trabalhava, caminhando à direita, vinha logo à famosa Leiteria BOL, com seus doces e salgados notáveis; após, cruzava-se a Rua Ouvidor e depois vinha a Rua do Rosário, onde até hoje permanece o Mercado das Flores, com suas dezenas de lojas. O Mercado ocupa um espaço que vai até a Rua Buenos Aires e nas laterais existem duas travessas ligando as duas Ruas. Assim, o Mercado se constitui um retângulo como se fosse Ilha cercada por duas Ruas e duas Travessas. Local mágico.

Tudo isso está sendo informado para enfatizar a beleza artística de um ARRANJO , e como alguns se distinguem dos demais pela harmonia e comunicação entre as flores.

Naquela época existia uma loja que se chamava CAMÉLIA FLORES, e esta loja ainda permanece, mas, atualmente, a CAMÉLIA
ocupa quatro lojas contíguas.

E isto com ARRANJOS ? Simplesmente porque a CAMÉLIA FLORES é a loja especializada em ARRANJOS mais conhecida do Rio de Janeiro, e esse nome é familiar a todos os cariocas.

Os Diretores, gerente e funcionário do banco me mandavam comprar um arranjo de flores, mas nunca deixavam de avisar: " Na Camélia Flores, heim...."

Dezenas de lojas de flores lado a lado e o movimento da Camélia me fazia esperar, gastar tempo, e o preço era um pouco mais caro. Mas a beleza dos arranjos se distinguia e fico pensando: como coisas aparentemente iguais são tão diferentes.

Todas as lojas permanecem com alta lucratividade existindo em torno de cem anos, mais se perguntarem o nome de qualquer delas ninguém conhece, excetuando o nome CAMÉLIA FLORES.

Vendo os arranjos de flores deste pps BOM DIA II, entrei em retrospectiva de vida e ouvi com plena nitidez os violinos da orquestra da Confeitaria Colombo, vi a beleza e senti o perfume dos ARRANJOS da "CAMÉLIA DAS FLORES".

Foi bem legal esta viagem ao passado onde eu quando menino não andava, só vivia correndo nas Ruas do Rio para entregar correspondência do Banco, Cartas dos Diretores para suas amada amantes, comprar almoços lanches para os funcionários, e fazer o que eu mais gostava: comprar ARRANJOS na CAMÉLIA FLORES. Mas, mesmo correndo pela vida, eu me sentia feliz porque conseguia ver e sentir a Sublime Beleza das Flores. 

evaldodaveiga@yahoo.com.br

Ps. Office Boy que se presa não anda, corre, e estuda em Colégio Público à noite rsss






Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 17/02/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T112953

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:41)
Evaldo da Veiga