Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O LOBO E A GREVE
Evaldo da Veiga


Exausto, porque a vovozinha queria

comê-lo todos os dias, o LOBO resolveu lutar

por dias de folga:

 vovozinha, que tal, hoje, falarmos de crônicas e poesias?

 vovó: - e aquilo mais, também? Se sim, fechado!

Não deu certo e o LOBO partiu para o segundo plano:

Segurou a mão da vovó, carinhosamente, e perguntou:

 vovó, pra que serve essa mãozinha tão linda?

vovó : pra enfiar na tua cara, vagabundo sem vergonha!!!

Tô sentindo tua armação!!!

- Bem, vovó,vou colocar meu ponto de vista - tentou argumentar o LOBO

e vovó, arrematou:

- e eu sou mulher de deixar você colocar pontode vista,

seu bestão?

- vai colocar é aquilo que eu quero e quando eu mandar

e está encerrada a reunião!

O LOBO, lança a última cartada:

- mas vovó, estou com dor de cabeça...

- dor de cabeça seu frouxo, vou te dar aquele remédio onde

a cabeça passa rss

O pobre LOBO, sentindo a maldade do remédio,

aproveitou para escapar das preliminares:

- então, vovó, me dá o remédio rapidinho, vamos começar

o jogo.

Vovó deu aquela risada esquisita, e perguntou:

- e nesse jogo?

- ah... vovó, "vou fazer um gol de cabeça, entrar no gol

  e ainda vou cuspir na rede! "

KI KI KI KI KI KI KI

o sorriso da vovó rsss

evaldodaveiga@yahoo.com.br





Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 17/02/2006
Reeditado em 08/10/2011
Código do texto: T113003

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:29)
Evaldo da Veiga