Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTES DE TUDO

SEREI PÓSTUMO À PALAVRA NÃO-DITA. Como a caneta busca o papel e sílabas completam espaços em branco / a voz dá cor à espera e frases preenchem olhos em pranto. Como a língua busca o beijo e o ósculo cala um soluço entravado dos olhos marejados pela saudade. Como o sorriso esconde a maldade que o tempo dilui. Como a agulha busca a veia / a raiva toma o lutador / de um cano a bala parte em disparada e o ponto-cego ofusca os olhos / que não olham nada. Como o clérigo se esquiva da dúvida e sustenta a fé de um séqüito de céticos / a mentira toma pra si o teor das trevas e a fé equaciona a dúvida, sentencia o temor / como uma centelha num rastro de pólvora. Como um piscar de pálpebras divide o olhar em frações / orações sempre buscam respostas. Como o jogador que na sorte aposta. Como toda confissão que preceda a sentença / ainda que tardia e mesmo que falhe. Como toda guerra, que sustenta o generalato. As guerras nunca acabam, são necessárias. As coisas nem sempre são o que aparentam. Há doentes esparramados pelos corredores da enfermaria e chacinas em plena luz do dia. Grandes paixões nunca perduram. E o melhor desejo é por aquilo que não se tem. Seca, a garganta pede água. Cego, o instinto orienta o corpo. Surda, a fé nos guia firme. Não há tragédia contemporânea depois do cristianismo. Ao perdão, tudo pode. Como os pronomes que antecedem predicados numa língua estranha / busco a semântica / esquecida, exaurida. Como um intermitente presságio / como a paz insustentável / busco o hiato entre as palavras e o silêncio entre as canções. Porque antes que o verbo o fosse / antes da própria palavra / havia, havia o silêncio. E o silêncio já o dizia.


Wallace Puosso

LEIA MAIS SOBRE O AUTOR:
http://celebreiros.zip.net
Wallace Puosso
Enviado por Wallace Puosso em 21/03/2006
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T126344

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wallace Puosso
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
42 textos (1362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:46)
Wallace Puosso